Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bonome articula e desmancha G-11

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretário de Governo de S.Caetano e chefe da Câmara definem nova formação de comissões


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

07/02/2015 | 07:00


O secretário de Governo de São Caetano, Nilson Bonome (PMDB), articulou junto ao presidente da Câmara, Paulo Acr (Pros), a dissolução do G-11 e nova composição das comissões permanentes. O acordo colocou fim ao impasse que travou os trabalhos no Legislativo e garantiu a retomada da governabilidade ao prefeito Paulo Pinheiro (PMDB).

Bonome e Pinheiro reuniram 18 dos 19 parlamentares – Sidnei Bezerra da Silva, o Sidão da Padaria (PSB), não compareceu alegando motivos particulares – no Palácio da Cerâmica na noite de ontem e ‘apararam as arestas’ que se arrastavam desde dezembro, quando Bottura foi eleito para chefiar o Legislativo e derrotou o candidato governista, Chico Bento (PP).

“Além de ter a formação das comissões, nós temos garantia do presidente da governabilidade, algo que nem fez parte do diálogo. Ele disse de livre e espontânea vontade. Todos os vereadores, sem exceção, se comprometeram a dar sustentação e defender o governo nas ações para o crescimento da cidade acontecer”, disse Bonome.

Pinheiro exaltou o restabelecimento da “boa relação” entre Executivo e Legislativo. “Incomodou todo mundo, o prefeito, o presidente e os vereadores. Ninguém queria essa divisão. O bom senso prevaleceu e vamos estar juntos construindo São Caetano. Os parlamentares se conscientizaram de que não adianta ter divergência, porque isso não constrói.”

A Comissão de Finanças e Orçamento será presidida por Edison Parra (PHS) e composta por Flávio Rstom (PTB), Carlos Humberto Seraphim (PPS), Pio Mielo (PT) e Eder Xavier, sendo que os dois últimos entraram nas vagas de Chico Bento e Roberto do Proerd (PMDB). Justiça e Redação terá Chico Bento no comando, com apoio de Fábio Soares (PSD), Fabio Palacio (PR), Roberto do Proerd e Sidão – a mudança foi a saída de Marcel Munhoz (PPS) e entradas do peemedebista, socialista e do progressista.

Marcel Munhoz será terceiro secretário da Casa, uma vez que o cargo estava vago com a renúncia de Severo Neto (PSB), que deixará a Casa para assumir a Pasta de Esporte.

Essa alteração será formalizada na segunda-feira. “Não há necessidade de nova eleição. Fica a meu critério e como está muito bem alicerçado, vou nomear os novos integrantes”, explicou Bottura, que fez juras de fidelidade ao governo Pinheiro. “Não digo que foi recuo do G-11. Na política não adianta ser radical. Quem aponta o dedo e imputa não busca alternativa. O prefeito tem agora 18 votos e quando precisar do meu voto terá sempre, não tenha dúvida.”

“Foram três maestros: o prefeito, que delegou ao Bonome a função de fazer a composição; esse, que mostrou porque é um dos maiores articuladores da região, e o Bottura, que teve toda habilidade para conduzir o acordo”, avaliou Pio. Já Chico Bento disse que não há mais impasse. “É o bom senso que prevaleceu. Acredito que agora as coisas vão andar.” 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;