Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Água é o principal pedido para Nossa Senhora dos Navegantes

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Aproximadamente 1.000 fiéis participam de procissão em S.Bernardo


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

02/02/2015 | 07:00


Um dos eventos religiosos mais tradicionais de São Bernardo – a procissão de Nossa Senhora dos Navegantes – foi marcado ontem por pedidos que vão além da proteção. Com a região Sudeste do Brasil vivendo a maior seca dos últimos 100 anos, o clamor dos devotos foi que a santa interceda para que as águas que caem do céu possam encher as represas. A celebração, realizada pela manhã no Riacho Grande, completou 62 anos e reuniu aproximadamente 1.000 fiéis.

A atividade teve início às 9h30, com missa na Paróquia São João Batista. A secretária Ana Helena Aguiar, 55 anos, participa há uma década das festividades e pediu não só o costumeiro, mas também pela abundância de um recurso que está se tornando cada vez mais escasso. “Sempre peço que Nossa Senhora dos Navegantes nos dê muita paz, saúde e interceda por aqueles que navegam, mas rezei muito para que chova e melhore essa situação. Hoje esse é o principal pedido”, declarou.

Ao fim do culto católico, a imagem de Nossa Senhora percorreu, em procissão, a Avenida Araguaia e as ruas Rio Acima, Ivaí, do Porto, Araguaia e o Calçadão até a orla da Prainha. O deputado estadual Orlando Morando (PSDB) foi uma das pessoas que ajudou a puxar o cortejo e também pediu que a santa interceda pela bonança depois da tempestade – ou, no caso, da falta dela. “Participo da procissão todos os anos e neste fiz uma prece em especial para pedir chuva na Represa Billings, para que possa ajudar São Paulo.”

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) estuda transferir cerca de 4 m³/s de água (o equivalente a 4.000 litros) de afluentes da Represa Billings para reservatórios que compõem o Sistema Alto Tietê, responsável pelo atendimento de 4,5 milhões de pessoas, entre elas a população de Mauá e parte de Santo André. Depois do Sistema Cantareira, o Alto Tietê é o que opera com o menor volume armazenado: 11%, de acordo com monitoramento datado de ontem.

Ao chegar na Prainha, a imagem foi recebida com músicas e orações pelo grupo de violeiros da Paróquia e Coral Essência. A benção aos presentes e às embarcações foi feita pelo frei Sérgio Luis Malacarne. “Que Nossa Senhora, junto ao seu filho, nos mande as águas e a sabedoria para que saibamos partilhá-las”, clamou o religioso.

Os barcos seguiram em procissão náutica pela Represa Billings até o ponto de partida das balsas. Dali, pararam em capela junto à represa, onde fica a imagem da santa, e em comunidades ribeirinhas do bairro Tatetos.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Água é o principal pedido para Nossa Senhora dos Navegantes

Aproximadamente 1.000 fiéis participam de procissão em S.Bernardo

Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

02/02/2015 | 07:00


Um dos eventos religiosos mais tradicionais de São Bernardo – a procissão de Nossa Senhora dos Navegantes – foi marcado ontem por pedidos que vão além da proteção. Com a região Sudeste do Brasil vivendo a maior seca dos últimos 100 anos, o clamor dos devotos foi que a santa interceda para que as águas que caem do céu possam encher as represas. A celebração, realizada pela manhã no Riacho Grande, completou 62 anos e reuniu aproximadamente 1.000 fiéis.

A atividade teve início às 9h30, com missa na Paróquia São João Batista. A secretária Ana Helena Aguiar, 55 anos, participa há uma década das festividades e pediu não só o costumeiro, mas também pela abundância de um recurso que está se tornando cada vez mais escasso. “Sempre peço que Nossa Senhora dos Navegantes nos dê muita paz, saúde e interceda por aqueles que navegam, mas rezei muito para que chova e melhore essa situação. Hoje esse é o principal pedido”, declarou.

Ao fim do culto católico, a imagem de Nossa Senhora percorreu, em procissão, a Avenida Araguaia e as ruas Rio Acima, Ivaí, do Porto, Araguaia e o Calçadão até a orla da Prainha. O deputado estadual Orlando Morando (PSDB) foi uma das pessoas que ajudou a puxar o cortejo e também pediu que a santa interceda pela bonança depois da tempestade – ou, no caso, da falta dela. “Participo da procissão todos os anos e neste fiz uma prece em especial para pedir chuva na Represa Billings, para que possa ajudar São Paulo.”

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) estuda transferir cerca de 4 m³/s de água (o equivalente a 4.000 litros) de afluentes da Represa Billings para reservatórios que compõem o Sistema Alto Tietê, responsável pelo atendimento de 4,5 milhões de pessoas, entre elas a população de Mauá e parte de Santo André. Depois do Sistema Cantareira, o Alto Tietê é o que opera com o menor volume armazenado: 11%, de acordo com monitoramento datado de ontem.

Ao chegar na Prainha, a imagem foi recebida com músicas e orações pelo grupo de violeiros da Paróquia e Coral Essência. A benção aos presentes e às embarcações foi feita pelo frei Sérgio Luis Malacarne. “Que Nossa Senhora, junto ao seu filho, nos mande as águas e a sabedoria para que saibamos partilhá-las”, clamou o religioso.

Os barcos seguiram em procissão náutica pela Represa Billings até o ponto de partida das balsas. Dali, pararam em capela junto à represa, onde fica a imagem da santa, e em comunidades ribeirinhas do bairro Tatetos.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;