Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bienal do Livro espera 200 mil somente neste fim de semana


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

11/03/2006 | 08:46


Um grande parque de diversões dedicado ao prazer da leitura. A definição é mais que adequada, em se tratando da 19ªBienal Internacional do Livro de São Paulo, que começou nesta quinta-feira (9) e vai até o próximo dia 19. Uma das três maiores do mundo, a Bienal está sendo realizada pela primeira vez no Pavilhão de Exposições do Anhembi (desde 2002 as edições ocorriam no Centro de Exposições Imigrantes) e os organizadores esperam receber cerca de 200 mil pessoas somente neste fim de semana.

Tudo relacionado ao evento tem proporções gigantescas. São 3 mil lançamentos; 210 mil títulos expostos; mais de 90 convidados nacionais e 20 estrangeiros; e 310 horas de atividades culturais. Sobram programas com medalhões da literatura nacional, como Ignácio de Loyola Brandão, que ministra neste sábado, às 15h, no Espaço Literário Visa, a palestra Crônicas Paulistanas.

Neste domingo, às 15h30, no Salão das Idéias, dois nomes conhecidos do gênero policial, o veterano Lawrence Block e o titã Tony Belloto debatem suas obras com os fãs. O elenco de estrelas inclui ainda Pasquale Cipro Netto (14); Moacir Sclyar (17); Nélida Piñon (18); Ruy Castro, Fernando Morais e Lygia Fagundes Telles (19); entre outros.

Além dos figurões, o visitante pode conferir atrações bem divertidas, como o maior jogo de palavras-cruzadas do mundo, criado pela Editora Ediouro (localizada na rua D). Trata-se de um painel com 16 mil quadrados e 3 mil palavras. Outro estande interessante é o da Ateliê Editorial (no cruzamento da rua I com a avenida 6), onde são exibidos "livroclips", animações eletrônicas baseadas em livros de autores como Fernando Pessoa e Luís de Camões. Funciona como uma espécie de trailler do livro.

Preços – Enfim, estímulos culturais não faltam para quem deseja conferir a programação da Bienal, mas, e os preços? Bom, antes de mais nada, prepare o bolso. As entradas custam R$ 10 (adultos) e R$ 5 (estudantes – mediante apresentação da carteira de estudante– e aposentados). Para crianças de até 12 anos, adultos acima de 65 anos, professores em exercício, autores, bibliotecários, profissionais do livro (mediante comprovação) e portadores de necessidades especiais a entrada é franca.

A novidade em relação aos ingressos da edição deste ano é que o valor pago pela entrada pode ser convertido em descontos na aquisição de livros dentro da Bienal. Porém, ninguém precisa se empolgar muito. Cada ingresso vem com 10 cupons no valor de R$ 1 cada (no caso da meia-entrada são 5 cupons). A cada R$ 10 utilizados na compra de livros, o visitante pode usar um cupom de R$ 1 para complementar o pagamento.

O preço dos livros, assim como nas livrarias, não é muito convidativo. "Até agora não levei nenhum. São os mesmos preços das lojas. Se tivesse um pouquinho mais de desconto, levaria vários", reclama a estudante Mariana Kaufmann, que faz mestrado em História da Ciência e costumar buscar novidades na Bienal.

A diária no estacionamento, com capacidade para 13 mil veículos, vai de R$ 15 a R$ 40. Há uma área de alimentação com 2 mil metros quadrados, com diversas opções de pratos, oferecidas por 15 estabelecimentos. Na hora da pausa para refeição, mais uma vez, atenção. Um cachorro-quente (na verdade, frio e minguado) pode custar R$ 3 em um estande da Bienal.

19ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo – Pavilhão de Exposições do Anhembi – av. Olavo Fontoura, 1.209, Santana, São Paulo. Tel.: 6226-0400. Todos os dias da semana, das 10h às 22h, até dia 19. Ingr.: adultos R$ 10; estudantes com carteirinha R$ 5; entrada franca para crianças até 12 anos e adultos acima de 65, professores em exercício, autores, bibliotecários, profissionais do setor editorial e portadores de necessidades especiais.

Estacionamento para veículos de passeio: R$ 15 (padrão), R$ 30 (privativo) e R$ 35 (área vip). Site da 19ª Bienal: www.bienaldolivro.sp.com.br



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bienal do Livro espera 200 mil somente neste fim de semana

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

11/03/2006 | 08:46


Um grande parque de diversões dedicado ao prazer da leitura. A definição é mais que adequada, em se tratando da 19ªBienal Internacional do Livro de São Paulo, que começou nesta quinta-feira (9) e vai até o próximo dia 19. Uma das três maiores do mundo, a Bienal está sendo realizada pela primeira vez no Pavilhão de Exposições do Anhembi (desde 2002 as edições ocorriam no Centro de Exposições Imigrantes) e os organizadores esperam receber cerca de 200 mil pessoas somente neste fim de semana.

Tudo relacionado ao evento tem proporções gigantescas. São 3 mil lançamentos; 210 mil títulos expostos; mais de 90 convidados nacionais e 20 estrangeiros; e 310 horas de atividades culturais. Sobram programas com medalhões da literatura nacional, como Ignácio de Loyola Brandão, que ministra neste sábado, às 15h, no Espaço Literário Visa, a palestra Crônicas Paulistanas.

Neste domingo, às 15h30, no Salão das Idéias, dois nomes conhecidos do gênero policial, o veterano Lawrence Block e o titã Tony Belloto debatem suas obras com os fãs. O elenco de estrelas inclui ainda Pasquale Cipro Netto (14); Moacir Sclyar (17); Nélida Piñon (18); Ruy Castro, Fernando Morais e Lygia Fagundes Telles (19); entre outros.

Além dos figurões, o visitante pode conferir atrações bem divertidas, como o maior jogo de palavras-cruzadas do mundo, criado pela Editora Ediouro (localizada na rua D). Trata-se de um painel com 16 mil quadrados e 3 mil palavras. Outro estande interessante é o da Ateliê Editorial (no cruzamento da rua I com a avenida 6), onde são exibidos "livroclips", animações eletrônicas baseadas em livros de autores como Fernando Pessoa e Luís de Camões. Funciona como uma espécie de trailler do livro.

Preços – Enfim, estímulos culturais não faltam para quem deseja conferir a programação da Bienal, mas, e os preços? Bom, antes de mais nada, prepare o bolso. As entradas custam R$ 10 (adultos) e R$ 5 (estudantes – mediante apresentação da carteira de estudante– e aposentados). Para crianças de até 12 anos, adultos acima de 65 anos, professores em exercício, autores, bibliotecários, profissionais do livro (mediante comprovação) e portadores de necessidades especiais a entrada é franca.

A novidade em relação aos ingressos da edição deste ano é que o valor pago pela entrada pode ser convertido em descontos na aquisição de livros dentro da Bienal. Porém, ninguém precisa se empolgar muito. Cada ingresso vem com 10 cupons no valor de R$ 1 cada (no caso da meia-entrada são 5 cupons). A cada R$ 10 utilizados na compra de livros, o visitante pode usar um cupom de R$ 1 para complementar o pagamento.

O preço dos livros, assim como nas livrarias, não é muito convidativo. "Até agora não levei nenhum. São os mesmos preços das lojas. Se tivesse um pouquinho mais de desconto, levaria vários", reclama a estudante Mariana Kaufmann, que faz mestrado em História da Ciência e costumar buscar novidades na Bienal.

A diária no estacionamento, com capacidade para 13 mil veículos, vai de R$ 15 a R$ 40. Há uma área de alimentação com 2 mil metros quadrados, com diversas opções de pratos, oferecidas por 15 estabelecimentos. Na hora da pausa para refeição, mais uma vez, atenção. Um cachorro-quente (na verdade, frio e minguado) pode custar R$ 3 em um estande da Bienal.

19ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo – Pavilhão de Exposições do Anhembi – av. Olavo Fontoura, 1.209, Santana, São Paulo. Tel.: 6226-0400. Todos os dias da semana, das 10h às 22h, até dia 19. Ingr.: adultos R$ 10; estudantes com carteirinha R$ 5; entrada franca para crianças até 12 anos e adultos acima de 65, professores em exercício, autores, bibliotecários, profissionais do setor editorial e portadores de necessidades especiais.

Estacionamento para veículos de passeio: R$ 15 (padrão), R$ 30 (privativo) e R$ 35 (área vip). Site da 19ª Bienal: www.bienaldolivro.sp.com.br

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;