Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

S.Caetano poupa em 4 meses equivalente a sete dias de água

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com a campanha que premiou redução do consumo,
319 milhões de litros do recurso foram economizados


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

23/01/2015 | 07:00


Nos quatro meses em que vigorou a promoção Economia de água em São Caetano dá prêmios, a cidade conseguiu, com a colaboração da população, economizar cerca de 319 milhões de litros de água potável, volume suficiente para abastecer a cidade por uma semana. Esse número equivale a 319 mil caixas-d’água de 1.000 litros, mais que o dobro da quantidade de habitantes do município – 157.205 pessoas. Em média, cada morador economizou 2.029 litros do recurso durante o período de vigência da campanha.

Na tarde de ontem, o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB) premiou seis munícipes sorteados em setembro. Os moradores, que pouparam pelo menos 10% de água entre maio e agosto, ganharam números da sorte e concorreram a dois carros Celta zero-quilômetro e quatro televisores de 42 polegadas, contemplando residências, comércios e empresas. Os sorteios foram realizados pela Loteria Federal e a premiação aconteceu por meio de parceria entre a Prefeitura, a Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) e a montadora General Motors.

Dos 37 mil códigos cadastrados, 30.749 conseguiram economizar água em algum momento da ação, sendo que 17% foram exemplares na redução (acima de 20%), alcançando o máximo de oito cupons.

Dependente 100% do Sistema Cantareira, que ontem operava com apenas 5,4% de volume armazenado, de acordo com dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a cidade criou série de iniciativas para conscientizar a população e, desde fevereiro, vem mantendo redução do consumo de água em mais de 18%, evitando o racionamento. A meta é chegar a 20%. “Por enquanto não tem esse risco (de racionar) porque estamos economizando”, falou o chefe do Executivo.

A classe residencial economizou, de maio a agosto, 137.279 m³. O casal Walter Freitas Passianoto e Anézia Passianoto, ambos de 69 anos e moradores do bairro Santo Antônio, economizaram 48,2% no período e levaram um dos automóveis. “Os banhos são de, no máximo, cinco minutos. Lavo menos roupa, reaproveito toda a água e só varro e passo pano na garagem”, contou Anézia.

Já os setores comercial e industrial reduziram 68.413 m³ e 64.911 m³, respectivamente. A dentista Claudia Cristina Brezolini, 44, possui consultório no bairro Olímpico e, graças a sistema de captação de águas pluviais e torneiras especiais, economizou 34,2% e também conquistou um carro.

Com o sucesso da promoção, o DAE (Departamento de Água e Esgoto) estuda implantar nova fase da campanha, a partir de fevereiro.

Projeto inédito de fiscalização mais que dobrou número de queixas

Entre as ações que vêm resultando na economia de água em São Caetano está a Patrulha DAE (Departamento de Água e Esgoto), inédita no Brasil e implantada em novembro. Nela, ‘xerifes’ a bordo de dois veículos circulam pelas ruas do município, de segunda a sexta-feira, em busca de flagrantes do gasto abusivo de água.

Antes da implantação, o DAE recebia média diária de cinco denúncias de desperdício do recurso. Com a iniciativa em vigor, o número fica agora entre 20 e 30 denúncias ou constatações pessoais atendidas.

Casos como lavagens com mangueira, rega de plantas e jardins, além de vazamentos podem ser denunciados por meio do Disque Combate Desperdício – 2181-1888 ou pelo e-mail denuncia@daescs.sp.gov.br.

Além da ronda nas ruas, também recebem conscientização os usuários com consumo acima da média, que já eram avisados do excesso e agora recebem a visita orientativa dos patrulheiros.

A atuação da equipe não é punitiva, mas educativa. O consumo dos locais visitados é monitorado por seis meses pela divisão comercial da autarquia. Caso aumente no período, a Patrulha DAE volta a conversar com o munícipe. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;