Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Oposição tenta abrir caixa-preta das Finanças de São Bernardo

Montagem/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Motivação partiu após reportagens do Diário, que
mostraram que obras de piscinão do estão parados


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

21/01/2015 | 07:00


Oposicionistas em São Bernardo, Julinho Fuzari (PPS) e Juarez Tudo Azul (PSDB) prometem ingressar no Ministério Público a fim de tentar abrir caixa-preta da Secretaria de Finanças do governo do prefeito Luiz Marinho (PT).

De acordo com os parlamentares, motivação partiu depois de reportagens do Diário, publicadas ontem, que mostraram que obras do piscinão do Paço estão praticamente paralisadas depois de demissão de 200 funcionários da Construtora OAS (responsável pela execução dos serviços), além da pretensão de Marinho em firmar contrato de PPP (Parceria Público-Privada) da Iluminação Pública, sem revelar informações sobre valor, prazo e intervenções a serem efetuadas.

Para o popular-socialista, ambas as publicações expõem “fragilidade” financeira do Executivo. “Situação é clara de que as contas não estão em ordem, porque há atraso no andamento do piscinão somado à demissão de funcionários. Deixa claro que a Prefeitura não está conseguindo arcar com os custos. E essa ideia de PPP da Iluminação durante recesso da Câmara está obscura. Necessitaria de debate do projeto. O primordial seria informar qual valor será empenhado nessa ação. Um compromisso desse pode endividar a cidade por décadas”, destacou.

Ainda segundo Julinho, acionar o MP “é o único modo” de obter informações que envolvam assuntos relacionados a recursos da administração. “Falta transparência em tudo. Na função de vereador, encaminho ofícios para conseguir explicações sobre assuntos como andamentos de obras e falta de remédios, mas sou ignorado por completo.”

No mesmo tom crítico, Juarez salientou que pretende buscar “sensibilizar” os vereadores governistas. “Já falei na tribuna e vou persistir para que os demais parlamentares entendam que a situação financeira é delicada. Eles parecem que estão apenas preocupados em aprovar os projetos do Executivo. Eu tenho convicção que a maioria não vê os detalhes das matérias que estão aprovando”, comentou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;