Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Scania: Brasil fortalece balanço da AL


Priscila Dal Poggetto
Do Diário do Grande ABC

28/04/2007 | 07:10


Responsável por 66% do total de caminhões e 53% do total de ônibus comercializados pela Scania na América Latina, o Brasil puxou o balanço trimestral da empresa na região. A montadora sueca encerrou o primeiro trimestre deste ano com incremento de 25,5% nas vendas nacionais de caminhões pesados e 46,2% nas de ônibus, em relação ao mesmo período de 2006.

“A demanda por veículos e serviços está aquecida e segue em crescimento em praticamente todos os mercados onde a Scania está presente”, afirma em nota o presidente e CEO mundial da companhia sueca, Leif Östling.

Tal crescimento representa a venda de 1.290 caminhões e 209 ônibus de janeiro a março. Ao destacar a América Latina, os volumes foram de 1.946 caminhões e 397 ônibus – desempenho 13% e 3%, respectivamente, acima do primeiro trimestre do ano passado.

“Na América Latina, essa alta demanda tem sido gerada principalmente pelos setores de agricultura e mineração”, comenta Östling.

Balanço financeiro - As vendas da Scania na América Latina somaram cerca de 217 milhões de euros no primeiro trimestre de 2007.

No balanço financeiro global, os três primeiros meses do ano fecharam com crescimento de 44% no resultado operacional, com cerca de 326 milhões de euros. A margem operacional encerrou em 15,9%, superando os 12,3% referentes ao acumulado de janeiro a março de 2006.

No ano passado, as operações na Europa e na América Latina somaram 7,8 bilhões de euros.

Capacidade - Apesar do alto índice de vendas, a empresa não pretende expandir o número de turnos na fábrica de São Bernardo, que se mantém em dois desde 2005.

A planta opera no limite. Segundo a empresa, a capacidade de produção atual é de 20 mil unidades por ano. Em 2006 foram fabricados 18,5 mil caminhões. Por causa do incremento previsto para este ano, a Scania trabalha com margem de superação da capacidade em até 10%, com mudanças que diminuam os gargalos de produção.

Exposição - Entre as comemorações de 50 anos da Scania no Brasil, a empresa promove exposições simultâneas com mais de 100 fotos que reproduzem a indústria automobilística brasileira e a história da montadora sueca no Brasil.

Segundo o diretor de Marketing da companhia, Emanuel Queiroz, as exposições ficarão abertas ao público ao longo do ano nas 95 concessionárias espalhadas pelo País.

Entre os fatos retratados na exposição estão a ata de constituição da Scania no Brasil, datada de 1957; a inauguração da primeira fábrica, no Ipiranga, em São Paulo, no ano de 1959 e a mudança definitiva para São Bernardo, em 1962.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;