Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Homens, atenção!



11/04/2011 | 00:00


Sedentarismo e obesidade ainda são problemas extremamente comuns aos homens aqui no Brasil. Segundo dados do IBGE, cerca de 41% da população masculina brasileira está acima do peso. A maioria dos homens alega o corre-corre do trabalho, que os obriga a comer sempre fora de casa, em restaurantes, onde os cardápios nem sempre são balanceados. Mas não há outro jeito para mudar isso, a não ser modificar os hábitos alimentares. Optar por alimentos menos gordurosos, mais saudáveis, procurar encontrar um ritmo de vida mais calmo... Tudo isso é importante para que as doenças não tomem conta do organismo. Equipe Bem Star



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homens, atenção!


11/04/2011 | 00:00


Sedentarismo e obesidade ainda são problemas extremamente comuns aos homens aqui no Brasil. Segundo dados do IBGE, cerca de 41% da população masculina brasileira está acima do peso. A maioria dos homens alega o corre-corre do trabalho, que os obriga a comer sempre fora de casa, em restaurantes, onde os cardápios nem sempre são balanceados. Mas não há outro jeito para mudar isso, a não ser modificar os hábitos alimentares. Optar por alimentos menos gordurosos, mais saudáveis, procurar encontrar um ritmo de vida mais calmo... Tudo isso é importante para que as doenças não tomem conta do organismo. Equipe Bem Star

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;