Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Inadimplência em celular chega a R$ 750 milhoes


Do Diário do Grande ABC

16/09/1999 | 14:22


Pesquisa desenvolvida pela Associaçao Nacional das Empresas de Telefonia Móvel Celular (Acel), elaborada com a colaboraçao de suas 22 operadoras associadas, revelou que até 30 de junho de 99, as dívidas de usuários para com as empresas, a inadimplência acima de 90 dias, chegou a R$ 750 milhoes, incluindo-se parcelas de ICMS, Pis/Cofins e tarifa de uso de rede, pagos adiantadamente pelas companhias. Esse total equivale a 11% de todo o faturamento obtido pelas operadoras no ano passado.

Os R$ 750 milhoes também equivalem a um mês de faturamento de 1998 de todo o setor de telefonia celular, o que mostra o seu tamanho em relaçao as companhias que atuam no setor. A cobrança dos inadimplentes está sendo feita através das medidas legais existentes, anunciou uma fonte do setor de telecomunicaçoes.

A mesma pesquisa mostrou que o valor da conta média mensal inadimplente, incluindo impostos, e a tarifa de uso da rede chega a R$ 185,00. Nos Estados Unidos, com mais de 50 milhoes de telefones celulares, a inadimplência alcança de 2 a 3%.

O valor da inadimplência representa cerca de 1 mês e 10 dias da receita líquida total obtida pelo setor em 98, correspondendo a 11% do referido faturamento. A receita líquida do serviço móvel celular no País em 98 chegou a R$ 6,7 bilhoes, sendo R$ 5,7 bilhoes da Banda A e a parcela restante da Banda B. Um analista do setor de telecomunicaçoes disse que "os dados sao preocupantes, e sabe-se que somente com uma melhoria significativa da economia, se conseguirá uma recuperaçao na inadimplência".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;