Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Japão: PMI industrial de dezembro fica estável em 52



05/01/2015 | 04:47


O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Japão ficou estável em 52 na leitura final de dezembro, no mesmo nível de novembro e levemente abaixo da leitura preliminar de dezembro, de 52,1. Os dados foram divulgados neste domingo pela Markit. Leituras acima de 50 sugerem expansão da atividade no setor na comparação com o mês anterior.

"Os últimos dados indicam um crescimento sustentável da atividade industrial japonesa em dezembro. A produção cresce a ritmo sólido, apoiado pelo aumento de novas encomendas, tanto no mercado interno quanto no externo. É uma consequência da depreciação do iene ante o dólar, que elevou os preços dos produtos para seu maior nível em 11 meses", escreveu a economista da Markit responsável pela pesquisa, Amy Brownbill.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão: PMI industrial de dezembro fica estável em 52


05/01/2015 | 04:47


O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Japão ficou estável em 52 na leitura final de dezembro, no mesmo nível de novembro e levemente abaixo da leitura preliminar de dezembro, de 52,1. Os dados foram divulgados neste domingo pela Markit. Leituras acima de 50 sugerem expansão da atividade no setor na comparação com o mês anterior.

"Os últimos dados indicam um crescimento sustentável da atividade industrial japonesa em dezembro. A produção cresce a ritmo sólido, apoiado pelo aumento de novas encomendas, tanto no mercado interno quanto no externo. É uma consequência da depreciação do iene ante o dólar, que elevou os preços dos produtos para seu maior nível em 11 meses", escreveu a economista da Markit responsável pela pesquisa, Amy Brownbill.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;