Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fogo destrói favela no Rudge Ramos


Tatiane Moreno
Especial para o Diário

09/11/2004 | 09:13


Cinzas, roupas espalhadas pelo chão, poucos móveis, 17 barracos queimados e cerca de 70 pessoas desabrigadas. Esse foi o cenário que restou do incêndio ocorrido na manhã de segunda-feira, no alojamento da Prefeitura conhecido como Vila Império, na avenida Doutor Rudge Ramos, no bairro de mesmo nome, em São Bernardo. Desde 1999, o local abrigava os moradores da favela Naval (divisa de São Bernardo com Diadema), que na época também foi atingida por um incêndio. Os bombeiros chegaram à favela meia hora depois e ninguém ficou ferido. Ainda não se sabe a causa da tragédia.

Por volta das 8h30, o fogo que ninguém sabe como começou, se alastrou pelos barracos instalados em cerca de 350 m. "Eu tinha acabado de chegar do trabalho e deitei para descansar. Quando vi, o fogo já estava ao lado da minha cama", contou a auxiliar de limpeza Maria de Jesus Machado de Carvalho que só teve tempo de acordar os familiares. "Pegamos a televisão, uma cesta básica e um colchão. Só restou a roupa do corpo."

A estudante Tauane Maria da Silva, 13 anos, disse que acordou com os gritos dos vizinhos. "Minha mãe saiu cedo e eu estava sozinha. Consegui salvar alguns brinquedos e o aparelho de som, que ainda nem está pago", contou a menina ainda com lágrimas nos olhos por conta da morte de seu cachorro. "Eu ainda chamei o Dick, mas ele não veio. Ficou escondido embaixo da cama."

Moradia - Em nota oficial, a Prefeitura informou que as famílias desabrigadas foram encaminhadas para um galpão de dois andares, no Jardim Esmeralda. A previsão é que os desabrigados fiquem no local por cerca de 30 dias, prazo para que a Secretaria de Habitação e Meio Ambiente construa novas moradias na Vila Império, para onde deverão retornar. A Prefeitura informou ainda que no ano que vem as famílias serão acomodadas em programas habitacionais municipais, que já estão inscritas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;