Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Por que a nuvem é branca?

Elas são formadas por gotículas de água e cristais de gelo, e surgem devido à evaporação da água


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

07/12/2014 | 07:00


As nuvens são brancas porque refletem a luz do sol. Esse fenômeno é conhecido como refração da luz. Significa que as minúsculas gotinhas de água que formam a nuvem são iluminadas e assumem os tons do arco-íris. Como a mistura de todas as cores (em iluminação) resulta em branco, enxergamos uma fumaça esbranquiçada. Se não fosse o sol, as nuvens seriam invisíveis.

O mesmo fenômeno ocorre com a espuma de sabão. Se observarmos as bolhinhas bem de perto veremos que cada uma delas tem variedade de cores na superfície.

Quando a luz não consegue atravessar totalmente as gotas, vemos as nuvens acinzentadas. Também mudam de cor durante o nascer e pôr do sol, momento em que os raios solares mantêm o aspecto avermelhado ou alaranjado. A poluição também influencia a coloração do céu e das nuvens.

FORMAÇÃO - As nuvens são formadas por meio da evaporação da água (de rios, lagos, oceanos, florestas, umidade do solo) na atmosfera. Ele se transforma em milhares de gotículas ou cristais de gelo.

Nos dias frios é comum ter menos vapor na atmosfera. Nesse caso, é mais difícil surgirem nuvens no céu. Quando faz calor a evaporação aumenta e forma muitas delas. Por causa do vento, costumam mudar de lugar e de formato.

Quando começa a chover, a nuvem perde naturalmente boa parte da sua composição e diminui em volume e tamanho.


Chuva se forma por meio do vapor d’água
Conforme as gotículas de água das nuvens aumentam de tamanho e ficam pesadas, elas não conseguem mais flutuar e caem em forma de chuva. Parte da substância é absorvida pelo solo e armazenada em reservatórios subterrâneos naturais, chamados lençóis freáticos. Outra porção vai direto para lagos, mares e oceanos. Então, o calor do sol faz o líquido da superfície evaporar e subir. Assim, inicia a formação das nuvens e o ciclo recomeça.

GRANIZO
A pedrinha de gelo que cai com a chuva forma-se em uma nuvem com cerca de 12 mil metros de altura. Dentro dela é bem frio e as gotas congelam, tornando-se grãozinhos com formato arredondado. Conforme aumentam de tamanho, caem com a chuva.

TIPOS DE NUVENS - Existem dez tipos de nuvens que variam de acordo com a quantidade de partículas contidas e pela maneira como são distribuídas. Entre elas, há três principais: Cumulus (do latim acumular; lembra floquinhos de algodão), Cirrus (como linhas que parecem pinceladas no céu) e Stratus (camada uniforme parecida com lençol).

CURIOSIDADE - Ao ferver a água, aquela fumacinha é uma nuvem, já que o vapor de água é invisível.

Quem perguntou
Yago Rocha de Resende, 8 anos, de Diadema, é bastante curioso e curte olhar para o céu. Por isso, o garoto tem vontade de entender o porquê das nuvens serem brancas. “Às vezes elas mudam de forma também e ficam parecendo bichos ou objetos”, afirma Yago.

Consultoria de Mario Festa, professor do departamento de Meteorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por que a nuvem é branca?

Elas são formadas por gotículas de água e cristais de gelo, e surgem devido à evaporação da água

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

07/12/2014 | 07:00


As nuvens são brancas porque refletem a luz do sol. Esse fenômeno é conhecido como refração da luz. Significa que as minúsculas gotinhas de água que formam a nuvem são iluminadas e assumem os tons do arco-íris. Como a mistura de todas as cores (em iluminação) resulta em branco, enxergamos uma fumaça esbranquiçada. Se não fosse o sol, as nuvens seriam invisíveis.

O mesmo fenômeno ocorre com a espuma de sabão. Se observarmos as bolhinhas bem de perto veremos que cada uma delas tem variedade de cores na superfície.

Quando a luz não consegue atravessar totalmente as gotas, vemos as nuvens acinzentadas. Também mudam de cor durante o nascer e pôr do sol, momento em que os raios solares mantêm o aspecto avermelhado ou alaranjado. A poluição também influencia a coloração do céu e das nuvens.

FORMAÇÃO - As nuvens são formadas por meio da evaporação da água (de rios, lagos, oceanos, florestas, umidade do solo) na atmosfera. Ele se transforma em milhares de gotículas ou cristais de gelo.

Nos dias frios é comum ter menos vapor na atmosfera. Nesse caso, é mais difícil surgirem nuvens no céu. Quando faz calor a evaporação aumenta e forma muitas delas. Por causa do vento, costumam mudar de lugar e de formato.

Quando começa a chover, a nuvem perde naturalmente boa parte da sua composição e diminui em volume e tamanho.


Chuva se forma por meio do vapor d’água
Conforme as gotículas de água das nuvens aumentam de tamanho e ficam pesadas, elas não conseguem mais flutuar e caem em forma de chuva. Parte da substância é absorvida pelo solo e armazenada em reservatórios subterrâneos naturais, chamados lençóis freáticos. Outra porção vai direto para lagos, mares e oceanos. Então, o calor do sol faz o líquido da superfície evaporar e subir. Assim, inicia a formação das nuvens e o ciclo recomeça.

GRANIZO
A pedrinha de gelo que cai com a chuva forma-se em uma nuvem com cerca de 12 mil metros de altura. Dentro dela é bem frio e as gotas congelam, tornando-se grãozinhos com formato arredondado. Conforme aumentam de tamanho, caem com a chuva.

TIPOS DE NUVENS - Existem dez tipos de nuvens que variam de acordo com a quantidade de partículas contidas e pela maneira como são distribuídas. Entre elas, há três principais: Cumulus (do latim acumular; lembra floquinhos de algodão), Cirrus (como linhas que parecem pinceladas no céu) e Stratus (camada uniforme parecida com lençol).

CURIOSIDADE - Ao ferver a água, aquela fumacinha é uma nuvem, já que o vapor de água é invisível.

Quem perguntou
Yago Rocha de Resende, 8 anos, de Diadema, é bastante curioso e curte olhar para o céu. Por isso, o garoto tem vontade de entender o porquê das nuvens serem brancas. “Às vezes elas mudam de forma também e ficam parecendo bichos ou objetos”, afirma Yago.

Consultoria de Mario Festa, professor do departamento de Meteorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;