Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

USCS lança programa de bolsas de estudo

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Para pós-graduação, universidade irá oferecer descontos parciais no valor da mensalidade


Vagner Aquino
Do Diário do Grande ABC

30/11/2014 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), lançou ontem o programa Bolsa USCS (Universidade Municipal de São Caetano) 100%, que consiste na concessão de bolsas de estudo integrais para moradores da cidade em cursos de graduação presenciais e a distância, além de descontos parciais em pós-graduação. Os benefícios serão aplicados a partir do ano que vem.

O evento para o lançamento do projeto foi realizado no período da manhã no Teatro Paulo Machado de Carvalho, no bairro Santa Maria. Além do prefeito, participaram da cerimônia vereadores e secretários municipais.

Cerca de 500 estudantes serão beneficiados com as bolsas integrais. O número é inferior ao prometido durante a campanha eleitoral de 2012 pelo prefeito. À época, Pinheiro havia garantido que todos os moradores da cidade teriam direito ao desconto total.

Questionado pelo Diário sobre quais motivos levaram à redução da quantidade de contemplados, o chefe do Executivo alega que este é apenas o primeiro passo de uma “longa caminhada”. “Nosso orçamento apertado não permite proporcionar 100% de bolsa para todos os universitários de São Caetano em um primeiro momento. Por isso, faremos o processo em etapas, ampliando o benefício para os demais alunos ao longo dos anos”, enfatizou.

Com investimento aproximado de R$ 4 milhões anuais, o Bolsa USCS 100% faz parte da vertente Minha Formação, do Programa Viver Melhor, implementado em 2014 pela Prefeitura de São Caetano. O atendimento com a gratuidade dependerá de critério social. Ou seja, moradores com menos recursos financeiros terão prioridade na escolha.

“Além de residente e domiciliado há, pelo menos, quatro anos no município, o candidato deve ter renda mensal familiar de até cinco salários mínimos e não possuir recursos suficientes para custear os estudos”, explica a secretária municipal de Educação, Ivone Voltarelli. Também é necessário ter estudado o Ensino Médio em escola pública.

De acordo com o reitor da USCS, Marcos Sidnei Bassi, o município é o primeiro no Brasil a oferecer o benefício para pós-graduação. “E vale lembrar que isso sequer é obrigação da Prefeitura, mas dos governos estadual e federal”, defendeu.

Atualmente, a Prefeitura oferece cerca de 2.400 bolsas para o Ensino Superior aos munícipes, em benefícios parciais. Só na USCS foram quase 1.000 contemplados com descontos de até 50% do valor da mensalidade neste ano. O auxílio será mantido mesmo com a criação do programa Bolsa USCS 100%. Para se inscrever, basta comparecer entre 28 de janeiro e 6 de fevereiro ao Cecape (Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação), localizado na Rua Tapajós, 300, bairro Barcelona. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

USCS lança programa de bolsas de estudo

Para pós-graduação, universidade irá oferecer descontos parciais no valor da mensalidade

Vagner Aquino
Do Diário do Grande ABC

30/11/2014 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), lançou ontem o programa Bolsa USCS (Universidade Municipal de São Caetano) 100%, que consiste na concessão de bolsas de estudo integrais para moradores da cidade em cursos de graduação presenciais e a distância, além de descontos parciais em pós-graduação. Os benefícios serão aplicados a partir do ano que vem.

O evento para o lançamento do projeto foi realizado no período da manhã no Teatro Paulo Machado de Carvalho, no bairro Santa Maria. Além do prefeito, participaram da cerimônia vereadores e secretários municipais.

Cerca de 500 estudantes serão beneficiados com as bolsas integrais. O número é inferior ao prometido durante a campanha eleitoral de 2012 pelo prefeito. À época, Pinheiro havia garantido que todos os moradores da cidade teriam direito ao desconto total.

Questionado pelo Diário sobre quais motivos levaram à redução da quantidade de contemplados, o chefe do Executivo alega que este é apenas o primeiro passo de uma “longa caminhada”. “Nosso orçamento apertado não permite proporcionar 100% de bolsa para todos os universitários de São Caetano em um primeiro momento. Por isso, faremos o processo em etapas, ampliando o benefício para os demais alunos ao longo dos anos”, enfatizou.

Com investimento aproximado de R$ 4 milhões anuais, o Bolsa USCS 100% faz parte da vertente Minha Formação, do Programa Viver Melhor, implementado em 2014 pela Prefeitura de São Caetano. O atendimento com a gratuidade dependerá de critério social. Ou seja, moradores com menos recursos financeiros terão prioridade na escolha.

“Além de residente e domiciliado há, pelo menos, quatro anos no município, o candidato deve ter renda mensal familiar de até cinco salários mínimos e não possuir recursos suficientes para custear os estudos”, explica a secretária municipal de Educação, Ivone Voltarelli. Também é necessário ter estudado o Ensino Médio em escola pública.

De acordo com o reitor da USCS, Marcos Sidnei Bassi, o município é o primeiro no Brasil a oferecer o benefício para pós-graduação. “E vale lembrar que isso sequer é obrigação da Prefeitura, mas dos governos estadual e federal”, defendeu.

Atualmente, a Prefeitura oferece cerca de 2.400 bolsas para o Ensino Superior aos munícipes, em benefícios parciais. Só na USCS foram quase 1.000 contemplados com descontos de até 50% do valor da mensalidade neste ano. O auxílio será mantido mesmo com a criação do programa Bolsa USCS 100%. Para se inscrever, basta comparecer entre 28 de janeiro e 6 de fevereiro ao Cecape (Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação), localizado na Rua Tapajós, 300, bairro Barcelona. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;