Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Um homem morre e outro fica ferido em forró


Evandro De Marco
Do Diário do Grande ABC

22/06/2008 | 07:05


Dois homens foram baleados por volta das 21h de sexta-feira na Avenida Benedita Franco da Veiga, no Bairro Feital, em Mauá, em frente a uma casa que promove shows de forró.

O pintor Cláudio Joaquim, 34 anos, estava dentro do estabelecimento quando, segundo a polícia, outro homem apareceu e fez com que ele saísse do local.

"Segundo testemunhas, eles começaram uma discussão do lado de fora. Foi nesse momento que o rapaz (ainda não-identificado) puxou uma arma e atirou contra o Cláudio (Joaquim)", relata o delegado Hélio Gomes Hotts.

Joaquim foi atingido por quatro disparos e acabou morrendo no local. Outra pessoa que estava próxima da confusão, o eletricista C.A.M., 39, também foi atingido por um tiro nas costas. Ele foi levado ao Hospital Doutor Radamés Nardini e liberado depois de receber o atendimento.

Até o fechamento desta edição, a polícia ainda não tinha informações sobre o motivo do assassinato do pintor, que será investigado pelo setor de homicídios da Polícia Civil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Um homem morre e outro fica ferido em forró

Evandro De Marco
Do Diário do Grande ABC

22/06/2008 | 07:05


Dois homens foram baleados por volta das 21h de sexta-feira na Avenida Benedita Franco da Veiga, no Bairro Feital, em Mauá, em frente a uma casa que promove shows de forró.

O pintor Cláudio Joaquim, 34 anos, estava dentro do estabelecimento quando, segundo a polícia, outro homem apareceu e fez com que ele saísse do local.

"Segundo testemunhas, eles começaram uma discussão do lado de fora. Foi nesse momento que o rapaz (ainda não-identificado) puxou uma arma e atirou contra o Cláudio (Joaquim)", relata o delegado Hélio Gomes Hotts.

Joaquim foi atingido por quatro disparos e acabou morrendo no local. Outra pessoa que estava próxima da confusão, o eletricista C.A.M., 39, também foi atingido por um tiro nas costas. Ele foi levado ao Hospital Doutor Radamés Nardini e liberado depois de receber o atendimento.

Até o fechamento desta edição, a polícia ainda não tinha informações sobre o motivo do assassinato do pintor, que será investigado pelo setor de homicídios da Polícia Civil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;