Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Represa Billings apresenta camada de algas

Orlando Filho/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Para especialista, planta é tóxica ao meio e aparece por causa de baixo nível e excesso de esgoto


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

04/11/2014 | 07:00


Durante o dia é possível observar uma extensa camada de algas na superfície da Represa Billings, em São Bernardo. De acordo com especialista que avaliou as fotos do local, o aparecimento da planta é um indicador da qualidade da água.

As plantas estão presentes principalmente ao lado da estação Rio Grande de tratamento da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e começaram a surgir sobre as águas na semana passada.

“Esse tipo de alga é um bioindicador, ou seja, um fator biológico que permite avaliar a qualidade ambiental da água. Da forma como está, é possível ver que há desequilíbrio no ambiente, tornando a alga tóxica para o meio”, explicou o professor do curso de Engenharia Ambiental da Fundação Santo André Murilo Valle.

Conforme Valle, a principal explicação para o aparecimento dessas plantas é o baixo nível da água da represa, além do excesso de esgoto que é despejado irregularmente. “Os detritos acabam se tornando nutrientes para alimentar as algas e fazer com que se reproduzam. Isso significa que a represa está mais poluída, por conta da concentração maior de esgoto onde há menos água.”

Para o professor, o aparecimento das plantas também influi no processo de limpeza do líquido. “Consequentemente encarece e dificulta o tratamento do recurso para consumo.”

A equipe do Diário questionou a Sabesp sobre o assunto. Conforme a nota enviada pela empresa, a presença de algas não tem nenhuma influência sobre a qualidade da água fornecida ao consumidor. A Sapesp também destacou que o processo de tratamento elimina impurezas de origens orgânica e inorgânica, atendendo aos padrões mais altos estabelecidos pelos órgãos reguladores do setor.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;