Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Atalho improvisado prejudica acesso

Orlando Filho/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Na altura do Jd.Silvina, motoristas aproveitam falta de mureta para entrar e sair do bairro


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

10/10/2014 | 07:00


Motoristas enfrentam problemas em alças de acesso da Via Anchieta localizada no Jardim Silvina, em São Bernardo. Na rua que dá acesso à saída 26 da rodovia e passa pelo Viaduto Augusto Batistini Demarchi, um pedaço do guard-rail está faltando e, assim, automóveis entram e saem, transformando o local em um atalho improvisado – e perigoso.

A reportagem do Diário foi até o local na tarde de ontem e verificou que é comum que vários veículos utilizem o atalho para entrar e sair do bairro. Em cerca de 40 minutos, diversos carros e caminhões passavam por ali, o que deixava o trânsito parado em vários momentos.

Um caminhão chegou a realizar uma entrada perigosa e quase ocasionou um acidente ao sair da última faixa para conseguir acessar o bairro pela falha na mureta. Durante a observação, a equipe também presenciou a saída de uma Kombi que presta serviços para a Prefeitura de São Bernardo pelo acesso irregular, a fim de pegar a Anchieta no sentido São Paulo.

Sem o acesso improvisado, os moradores teriam que percorrer cerca de dois quilômetros até a entrada do Jardim Silvina, por meio da Rua Pedro Zolcsak, que fica a cerca de 500 metros à frente do ponto irregular.

A autônoma Luciana da Conceição Almeida, 44 anos, passa pelo local todos os dias para chegar ao bairro em que mora, o Jardim Seleta. Segundo ela, a falta da mureta e a consequente utilização do atalho são problemas antigos. “Há cerca de dois anos que presencio pessoas passando por lá para cortar caminho e chegar ao bairro mais rápido. Isso é ruim, porque acaba confundindo o trânsito no entorno.”

Ela discorda da atitude dos motoristas e prefere seguir o caminho certo. “Acho que temos que fazer o que é certo e devidamente sinalizado. Fora que um erro naquele ponto pode causar um acidente e prejudicar as pessoas que não costumam passar por aqui direto.”

Questionada, a Prefeitura de São Bernardo respondeu, por meio do Departamento de Engenharia de Tráfego, que já foram colocadas defensas metálicas no local, porém, as estruturas foram retiradas pelos moradores e recolocadas outras vezes.

O Executivo também informou que o departamento fará uma avaliação para instalar novamente o equipamento no local, de forma a solucionar o problema, no entanto, o prazo para a realização do serviço não foi especificado.

A administração municipal foi questionada sobre a Kombi da Prefeitura que utilizou o acesso irregular, mas não se manifestou. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;