Início
Clube
Banca
Colunista
Redes Sociais
DGABC

Segunda-Feira, 27 de Maio de 2024

Economia
>
Transporte de automóveis
Cegonheiros inauguram na terça-feira nova sede do sindicato em S.Bernardo

Espaço tem 4.000 metros quadrados e possui auditório que comporta 700 pessoas

Redação
13/04/2024 | 02:01
Compartilhar notícia
Reprodução


 O Sinaceg (Sindicato Nacional dos Cegonheiros) vai inaugurar sua nova sede, em São Bernardo, com 4.600 metros quadrados na terça-feira (dia 16), às 11h. A entidade representa os profissionais que transportam a maioria dos carros novos vendidos no Brasil, em aproximadamente 3.700 caminhões cegonhas. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho (PT), deverá participar.

O novo auditório comporta até 700 lugares. “Poderemos realizar as assembleias da categoria na sede, economizando o gasto que temos hoje com a locação de espaço para essas reuniões”, diz José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho, presidente do Sinaceg.

A nova sede será abastecida com energia solar e terá vagas com carregadores para carros elétricos. Ela também terá área de playground. Haverá novidades para os associados, como barbearia e lanchonete, além da ampliação de serviços já prestados, como licença especial de transporte e odontologia.

Está nos planos a curto prazo promover cursos e palestras. O presidente do Sinaceg diz que inauguração da nova sede é uma conquista histórica. “A nova estrutura é capaz de receber todos os associados e ofertar os serviços disponíveis em um mesmo espaço. Realizamos um sonho a partir deste 16 de abril de 2024 com a casa nova do cegonheiro”, afirma.

Márcio Galdino, diretor do Sinaceg, diz que o principal desafio é continuar defendendo e administrando o setor para o bem-estar de todos os associados e da população envolvida.

Galdino destaca, ainda, que a nova sede representa um marco na história do sindicato. “Após 32 anos na atual sede, vamos dar um passo enorme na infraestrutura. Nossa capacidade de atendimento será muito maior e com muito mais conforto”, finaliza o sindicalista.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.