Tecnologia

E-sports: 8 principais perfis de gamers que movimentam o setor




De acordo com uma pesquisa da consultoria americana Accenture, o mercado de jogos eletrônicos já acumula US$ 300 bilhões ao ano. Além disso, um levantamento publicado pelo NewZoo aponta que o Brasil tem a terceira maior audiência de e-sports do mundo. Dados como estes demonstram o potencial do segmento e reforça a estratégia de investimento em ações que se integrem cada vez mais aos perfis de gamers.

“Recentemente, as marcas brasileiras começaram a se movimentar para a entrada nos games, mas a maioria com patrocínios e parcerias. Há um amplo espaço de mercado para a diversificação de ações, de forma que essas empresas possam utilizar os games como recurso para amplificar sua voz com os públicos que gostam de e-sports ou esportes tradicionais, trazendo mais diversidade para sua audiência”, afirma Billy Garcia, Head de V-UX & Gaming da Adventures.

Quem quer aproveitar a onda e conversar com essa audiência deve conhecer os principais perfis de gamers. Uma pesquisa da brandtech Adventures aponta justamente isso.

Leia mais:
Como escolher a cadeira gamer mais adequada ao seu perfil
Dicionário gamer: os termos mais usados entre jogadores
Em que lugar do mundo é mais barato ser um gamer?

1. Gamer antenado

Majoritariamente homens (35 a 44 anos), possuem um gasto mensal de R$ 1.200 em compras online, sendo os de maior poder aquisitivo do grupo. A média diária de tempo jogando fica entre 3h e 5h.

2. Gamer ativo

Grupo também é em sua maioria masculino. São os que mais passam tempo imersos nos games (até 10h diárias). Por serem jovens adultos (25 a 34 anos), o custo mensal online é mais baixo por conta de outros objetivos pessoais.

3. Gamer veterano

Homens, entre 55 e 64 anos, que jogam menos de uma hora diária. É o tipo entre os perfis de gamers que prefere jogos de cartas e esportes, tanto no computador como no videogame.

4. Gamer tecnológico

Majoritariamente homens, o gamer tecnológico tem uma faixa etária mais “maleável”, abrangendo as faixas etárias de 25 a 34 anos e 65 a 75 anos. Os mais jovens jogam mais de 10 horas diárias, enquanto os mais velhos passam 1 hora diária. Possuem um gasto médio de R$ 300 na internet e são interessados em tecnologia em geral.

5. Gamer dos esportes

Este grupo reúne dois perfis de gamers: os mais novo (12 a 19 anos) e os mais velho (65 a 75 anos). A maior parte desse público é interessado em jogos de esportes, especialmente os de futebol. Ficam conectados de 3h a 7h por dia em diversas plataformas.

6. Gamer casual

Perfil predominantemente feminino, entre 35 e 44 anos e que jogam de 1h a 3h por dia. Preferem as categorias de música, dança e infantil, assim como jogos antigos no tablet ou no notebook.

7. Gamer iniciante

Em sua maioria, homens dos 12 a 24 anos. Jogam de 1h a 10h por dia games do gênero de aventura, corridas e ação no tablet ou no próprio videogame.

8. Fandom gamer

O último grupo entre os perfis de gamers é formado majoritariamente por mulheres, de 12 a 24 anos, que consomem conteúdos de celebridades, beleza e estética. São influenciadas pelas personalidades que acompanham e por comentários online. Média de até 7h em jogos estratégicos, FPS e música ou dança.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Comentários


Veja Também



Voltar