Política

Comunicação foi vital na pandemia, diz Salvo Melo




Publicitário e especializado em consultoria financeira e da tecnologia da informação no setor público, Edson Salvo Melo (PSDB) foi de tudo um pouco na administração do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB). Desde a semana passada, passou por novo desafio: o de comandar a Unidade de Comunicação e Eventos, área que tem status de secretaria. “Chego com a missão de tocar um trabalho que tem dado muito certo, em especial durante a pandemia.”

Salvo Melo reconheceu que a comunicação foi área fundamental do governo durante a pandemia de Covid-19. Ele citou que a população recorreu a muitas informações oficiais para saber quais passos dar em meio à tanta incerteza sobre uma doença desconhecida. O tucano admitiu que deve manter o ritmo, com pequenos ajustes. “É como diz o ditado: ‘Em time que está ganhando, não se mexe’.”

Atual presidente do PSDB municipal, Salvo Melo chegou ao governo de Paulo Serra no fim de 2017, primeiro ano de mandato do chefe do Executivo. À época, foi apresentado para o cargo de diretor de atenção à saúde. Pouco tempo depois, virou secretário adjunto da Secretaria de Saúde. Em setembro de 2018, foi conduzido à pasta de Educação, para ser diretor do departamento de gestão de recursos e projetos especiais. Em maio de 2019, passou a dirigir a Secretaria de Gestão Financeira, posto que ocupou até a semana passada – foi substituído por Pedro Seno, titular de Administração e que acumula as funções até a fusão dos setores.

“Estamos ainda tomando pé das coisas. Faz quatro dias só (que ele definitivamente assumiu a unidade). A gente entende que a comunicação do governo tem sido muito certeira. Tanto que a população tem entendido as mensagens, os programas e projetos são bem passados graças ao trabalho da unidade e a parceria e entendimento dos veículos de comunicação da nossa região. A ideia é seguir o caminho, subindo mais alguns degraus de qualidade e produção. Mas é inegável que o caminho tem dado passos certos”, discorreu.

Salvo Melo relembrou que ficou responsável pela área de comunicação da presidência da Câmara de Santo André quando a casa era dirigida pelo hoje vice-prefeito da cidade, Luiz Zacarias (PTB, 2005 e 2006). “Vi rostos conhecidos, muitos amigos. Quando estive com o Zacarias, era um universo muito menor. Não se compara. E eu estava mais escondido em Finanças. Agora estaremos mais próximos dos acontecimentos da cidade”, citou Salvo Melo, cuja capacidade no setor público ficou mais conhecida na gestão do ex-prefeito Aidan Ravin (morto em janeiro) – também naquela administração, Salvo Melo foi espécie de curinga, ocupando diversos setores.

Como novo superintendente da Unidade de Comunicação e Eventos, o tucano salientou a necessidade de encorpar o time de eventos, diante do aumento de demanda com a retomada das atividades externas com o fim da pandemia de Covid-19. Mas ele consentiu que um de seus principais desafios será a parte financeira. “Santo André reagiu bem até à crise, mas iremos usar esses cinco meses e meio para entender e desenhar o próximo ano, que deveremos ter a normalidade de volta.”

Sobre as fake news, Salvo Melo admitiu as dificuldades de combater as notícias falsas, entretanto, a unidade já planeja modelos para minimizá-las. “Vamos trabalhar novos produtos, com áudio e vídeo. Iremos sempre apostar nas informações confiáveis.” 

Comentários


Veja Também



Voltar