Cultura & Lazer

Jennifer Aniston afirma que cortou relações com pessoas que se recusaram a tomar vacina contra a Covid-19



Jennifer Aniston revelou ter cortado relações com pessoas que não aceitaram tomar a vacina contra o novo coronavírus. A atriz, que é capa da InStyle, falou sobre o assunto em entrevista para a revista:

"Ainda há um grande grupo de pessoas que são anti vacinas ou simplesmente não dão ouvidos aos fatos. É uma pena. Acabo de perder algumas pessoas em minha rotina semanal que se recusaram ou não revelaram [se foram vacinadas ou não], e foi uma pena. Sinto que é sua obrigação moral e profissional informar, já que não estamos sendo testados todos os dias. É complicado porque todo mundo tem direito à sua própria opinião - mas muitas opiniões não se baseiam em nada, exceto medo ou publicidade". 

Jennifer, que fez grande sucesso ao interpretar Rachel na série Friends, ainda analisou como era ser jovem e famosa nos anos 90, quando não havia redes sociais:

"Eles [a mídia] estavam se alimentando de garotas jovens e impressionáveis. Metade dessas crianças começou no Clube do Mickey. Tive a sorte de ser criada por uma mãe muito rígida. As prioridades não eram se tornar uma pessoa famosa. Era: Estude seu ofício, aprenda o que você está fazendo, não apenas vá lá e tenha sorte. Eu trabalhei como garçonete por anos", concluiu a atriz. 

Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários


Veja Também



Voltar