Cultura & Lazer

Tadeu Schmidt lamenta eliminação do sobrinho nas Olimpíadas de Tóquio




Para quem não sabe, na família de Tadeu Schmidt corre a veia esportiva - primeiro pelo seu irmão, Oscar Schmidt que era atleta do basquete e agora de seu sobrinho, Bruno Schmidt que também é atleta e participou das Olimpíadas de Tóquio. É válido dizer também que o apresentador do Fantástico é um ótimo praticante de golfe, mas não se tornou um atleta.

Bruno, diferentemente de Oscar, não foi para o lado do basquete e pratica o vôlei de praia. E Tadeu acabou indo até as suas redes sociais nesta segunda-feira, dia 2, para lamentar a derrota do sobrinho nas Olimpíadas de Tóquio.

O atleta faz dupla no vôlei de praia com Evandro e Tadeu não só lamentou a perda da batalha pela medalha para o Brasil, mas por saber o quanto o sobrinho batalhou por estar ali.

Esse cara aí é um gênio. Ele não merecia sair tão cedo da Olimpíada. Mas hoje deu tudo certo para os adversários e tudo errado pra gente. O tal do Plavins fez um jogo assombroso. Acontece... Mas você, Bruno, você já zerou a vida no vôlei de praia. Você ganhou tudo, enquanto a maioria achava que você não iria a lugar nenhum, porque era baixinho. Você mostrou ao mundo um vôlei dos mais lindos de todos os tempos. Foi mágico!

Tadeu Schmidt ainda fez questão de exaltar outro momento importante de superação do sobrinho: a luta contra o novo coronavírus.

E nos últimos tempos, você foi um monstro mais uma vez! Depois de um caso grave de covid, que te levou para a UTI, duvidaram de você de novo. Acharam que você não ia voltar ao alto nível a tempo de jogar em Tóquio. E você voltou! Jogando muito! Jogando como campeão olímpico. Fora o moleque maravilhoso que você é. Orgulho infinito de ser seu tio.

Lembrando que Bruno Scmidt não é filho de Oscar, e sim de outro irmão que o ex-jogador de basquete e o apresentador do Fantástico tem.

Comentários


Veja Também



Voltar