Setecidades

De forma gradual, escolas da região retornam às atividades presenciais a partir de hoje




Atualizada em 8h56

Conforme já planejado pelas prefeituras - e autorizado pelo Governo do Estado - desde o mês passado, o retorno gradual dos estudantes às escolas iniciou a partir de hoje. O decreto estadual autorizou que as unidades públicas e privadas recebam até 100% dos alunos, desde que seja mantida a disntância de um metro entre os estudantes. Vale lembrar que cada colégio deve adequar essas restrições da melhor maneira. 

A rede privada está liberada para seguir a determinação do governo do Estado. Em todas as cidades as escolas estaduais estavam em férias até 1º de agosto.

Em Santo André, o segundo semestre da rede municipal foi iniciado em 28 de julho de forma remota e as aulas presenciais estão previstas para retornar a partir desta terça-feira (3). Segundo a Prefeitura, os critérios para o retorno foram estabelecidos em decreto municipal, com a reorganização do novo percentual de alunos em aulas presenciais, bem como a nova programação de dias e horários de aulas. A rede estadual pode seguir o decreto do Estado, que libera até 100% dos alunos.

Ainda na cidade, algumas escolas particulares já retornaram às aulas hoje, como exemplo, na Colégio Campus, na Vila Homero Thon, que recebeu os estudantes nesta segunda-feira, seguindo os protocolos de segurança sanitária. 

DEMAIS CIDADES - Já em São Bernardo o retorno das aulas presenciais com 100% dos alunos nas redes municipal, estadual e particular também acontece a partir de hoje. A medida, publicada no Diário Oficial do Município, entrou em vigor após São Bernardo vacinar mais de 70% da população com pelo menos a primeira dose. Em São Caetano as escolas municipais retornam também amanhã com 50% da capacidade, não sendo obrigatório o retorno presencial e as famílias podem manter os filhos em estudo remoto.

As aulas presenciais nas escolas públicas em Diadema também voltaram hoje, com 25% dos alunos. A Secretaria de Educação do município também inicia o programa Aprender Mais, com foco na melhoria da aprendizagem, em atividades no contraturno. O mesmo acontece em Ribeirão Pires que também planejou o retorno das aulas presenciais na rede pública nesta segunda-feira. Segundo a administração, o retorno acontecerá de forma gradual seguindo protocolos sanitários e de segurança para prevenção ao coronavírus. 

Mauá começou a receber os estudantes desde o dia 27 de julho nas escolas municipais. A ocupação nas salas seguem com apenas 25% da capacidade. 

Segundo o Consórcio Intermunicipal Grande ABC, a rede municipal de ensino da região conta com 645 escolas, 200 mil alunos matriculados e 13 mil professores, além de outros 9 mil profissionais da educação.

 O Diário aguarda informações sobre as aulas em Rio Grande da Serra. 

Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários


Veja Também



Voltar