Setecidades

Sto.André marca reabertura do Carlos Gomes para 2022




Fechado desde 2008 por problemas estruturais, o Cine Theatro Carlos Gomes, no Centro de Santo André, será reaberto em 8 de abril de 2022, dia do aniversário da cidade. A promessa foi feita ontem pelo prefeito Paulo Serra (PSDB), que vistoriou as obras. A previsão anterior era a de que o espaço cultural estivesse pronto em dezembro de 2020, mas a pandemia mudou o cronograma.

Segundo o prefeito, as intervenções no Carlos Gomes já se encaminham para a fase final. Além da reforma estrutural, o local também deverá receber trabalho específico de restauro de suas características históricas, já que é um edifício tombado pelo patrimônio cultural andreense. Toda a obra recebeu investimento de R$ 5 milhões, provenientes de convênio com a Caixa, por meio do Finisa (Financiamento a Infraestrutura e ao Saneamento).

“A ideia (para entregar o equipamento) é para o dia 8 de abril de 2022, já com todos vacinados (contra a Covid-19). Espero que a gente possa fazer grande evento, resgatando esse símbolo e entregar para a cidade o novo Cine Theatro Carlos Gomes”, declarou Paulo Serra. O chefe do Executivo estava acompanhado da primeira-dama e presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Carolina Barreto Serra, do vice-prefeito, Luiz Zacarias (PTB), do secretário de Serviços Urbanos, Vitor Mazzeti Filho, além da secretária de Cultura, Simone Zárate, e da adjunta da pasta, Azê Diniz.

Ainda conforme o prefeito, além de equipamento cultural, o Carlos Gomes será multiuso e receberá peças de teatro, exposições e apresentações artísticas variadas. Uma das intenções é transformar o lugar em centro de interações entre as artes e entre os munícipes. “O Carlos Gomes pode receber apresentação teatral, apresentação de cinema, mas ele pode receber exposição, contação de história e eventos sociais como deveremos fazer dia 8 de abril do ano que vem. Além dos aspectos culturais, o equipamento pode fomentar as atividades aqui do Centro, como parte do resgate desta região”, projetou.

Para a secretária adjunta de Cultura, Azê Diniz, o retorno do Carlos Gomes é simbólico para o Centro. “O resgate do equipamento o transforma em um ponto muito importante”, afirmou.

Instalado no mesmo endereço há 95 anos, o cine teatro deverá se chamar, assim que for inaugurado, Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes. O espaço também deverá abrigar uma cafeteria, cuja escolha deverá passar por processo de licitação elaborada pela Prefeitura 

Comentários


Veja Também



Voltar