Setecidades

Estado prevê fim das restrições ao comércio a partir de 17 de agosto




A quarentena imposta pelo governo do Estado em março de 2020 para conter a transmissão de Covid já tem data marcada para ser encerrada, dia 17 de agosto. Mas, a partir de domingo, a flexibilização terá passo importante, e os estabelecimentos poderão funcionar entre 6h e 0h, com ocupação de até 80% da capacidade. As medidas também valem para o Grande ABC, já que as sete prefeituras seguirão o decreto estadual de retomada econômica, previsto no Plano São Paulo.

Os anúncios foram feitos ontem pelo governador do Estado, João Doria (PSDB), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na Capital. O tucano afirmou que as novas regras da fase de transição vão valer entre os dias 1º e 16 de agosto e, se a contenção da pandemia e os reflexos da vacinação continuarem positivos, no dia 17 a retomada total será, de fato, autorizada. Doria também confirmou o fim do toque de recolher durante as madrugadas em todo o Estado.

“A vida está voltando ao normal no Estado”, declarou o tucano. “São Paulo teve uma queda substancial de casos, internações e, felizmente, de óbitos, porque aqui seguimos protocolos de saúde e a orientação da medicina”, completou o governador.

A partir de domingo, quando as cidades já liberam ocupação de 80% de público até 0h nos estabelecimentos comerciais, o uso de máscara seguirá sendo obrigatório, além de ainda ser necessário o distanciamento mínimo de um metro e o respeito aos protocolos de higiene. Segundo o governador, o acesso de clientes a shoppings, galerias, lojas de rua, bares e restaurantes deverá ser interrompido às 23h, mas com atendimento permitido até meia-noite.

Outra novidade a partir deste domingo é a reabertura dos parques urbanos e unidades de conservação estaduais em horário integral. Além disso, as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos seguem liberadas, desde que haja cumprimento de protocolos de higiene e distanciamento físico.

Já em eventos que geram aglomerações, como casas noturnas, shows de médio e grande portes e competições esportivas, a presença de público continua proibida, com possibilidade de reabertura condicionada aos resultados de eventos modelo sob supervisão das autoridades de saúde e averiguação pelo centro de contingência do coronavírus. O governo do Estado mantém ainda a recomendação de escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores dos setores de comércio, serviços e indústrias.

RETOMADA TOTAL
A partir da segunda quinzena do próximo mês, a expectativa é eliminar todas as restrições de horário e liberar atendimento presencial com capacidade de 100%, mas com manutenção das regras para máscaras, distanciamento e protocolos de higiene.

Na retomada segura, as regras gerais e setoriais de segurança sanitária continuarão as mesmas da fase de transição e válidas para os 645 municípios. As prefeituras vão manter autonomia para determinar rigidez de restrições se as circunstâncias locais da pandemia e capacidade hospitalar tiverem piora.
 

Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários


Veja Também



Voltar