Política

Alex nega ingerência e afaga Auricchio: ‘Torço para volta’




Um dos personagens na polêmica movimentação de aproximação entre o prefeito de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), com o ex-prefeiturável Fabio Palacio (PSD), o deputado federal Alex Manente (Cidadania) negou que tenha ingerência na política são-caetanense, buscou fugir do conflito e afagou o ex-prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

Em visita ao Diário, Alex afirmou que o trabalho que executou em São Caetano sempre foi no sentido de “ajudar a cidade em todos os aspectos, como deputado que mais trouxe emendas ao município e que mais colaborou para seu desenvolvimento”.

“Lamento que este episódio ocorra desta maneira”, comentou Alex, que emendou “não se sentiu atacado” pela declaração de Auricchio, que, também ao Diário, disparou contra a movimentação capitaneada pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo. “Desrespeitam a história. Não podem medir os atores políticos de São Caetano com a régua deles.”

“Não me sinto atacado pela frase porque sempre respeitei a história de São Caetano e a cidade. Não acho que essa especulação política se torne o assunto principal da cidade. O principal assunto é a retomada econômica no pós-pandemia. Esse é o verdadeiro desafio”, discorreu Alex.

Na sequência, o deputado federal fez elogios ao tucano, de quem sempre foi aliado. “Torço para que processo do Auricchio termine do jeito que a população escolheu, com ele assumindo a cadeira de prefeito. Torço por isso e pela cidade. Tenho certeza que o Auricchio é merecedor da confiança da população. É injusto não estar governando a cidade.”

Questionado se conversou com Morando alguma vez sobre a política de São Caetano, o parlamentar refutou. “Nas conversas que tivemos nunca entramos nesses detalhes”, assegurou ele, para, na sequência, enaltecer o trabalho de Tite. “Ele deu continuidade à execelente gestão conduzida por Auricchio, conseguiu pacificar a cidade e uniu a classe política. Se for o caso de uma nova eleição, algo que não torço, ele se mostrou muito preparado para dar continuidade ao trabalho.”

Alex esteve ontem no evento que marcou o início das celebrações dos 144 anos de São Caetano. Sentou-se ao lado de Tite, mas não do deputado estadual Thiago Auricchio (PL). Filho de Auricchio, Thiago foi assessor de Alex e a principal dobrada do parlamentar em 2018, em sua estreia vitoriosa nas urnas. Alex minimizou o distanciamento, afirmou gostar de Thiago, porém, citou proximidade com outros atores políticos de São Caetano. “Tenho conversado muito com o Pio Mielo (PSDB) e com o próprio Tite, que tem se mostrado parceiro, buscando cada vez mais interação até pelos recursos que temos enviado para a cidade.”

Comentários


Veja Também



Voltar