Setecidades

Operação Noite Tranquila, em São Bernardo, dispersa 13 pontos de aglomeração no fim de semana




Maior programa de combate a pancadões da história de São Bernardo, a Operação Noite Tranquila encerrou neste fim de semana 13 pontos de aglomeração na cidade. Ao todo, 800 pessoas foram dispersadas pela GCM (Guarda Civil Municipal), com apoio de equipes da Vigilância Sanitária e Departamento de Trânsito. Entre a noite de sexta-feira e a madrugada de domingo (23 a 25/07), a GCM de São Bernardo atendeu 81 ocorrências de perturbação nas regiões do Rudge Ramos, Carminha, Ferrazópolis, Alves Dias e Parque São Bernardo. 


Outros 11 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados e fechados por manterem suas atividades após as 23h, horário limite permitido no município em decorrência da pandemia da Covid-19. No sábado, em uma das ocorrências atendidas pela GCM, um bar localizado no Rudge Ramos foi fechado após equipes da corporação flagrarem 450 pessoas aglomeradas no estabelecimento comercial. 

APOIO – Durante o fim de semana, a Guarda Civil Municipal prestou ainda apoio no socorro de uma mulher encontrada no córrego Ribeirão dos Couros, na Avenida Lauro Gomes. A vítima que apresentada lesões na cabeça foi resgatada, com apoio do SAMU e do Corpo de Bombeiros, e encaminhada ao PS Central, onde recebeu atendimento médico.

QUEDA CRIMINALIDADE – A atuação efetiva da GCM por todo território do município, além de reforçar a segurança na cidade, também tem tido impacto na queda da criminalidade da cidade. Levantamento divulgado na sexta-feira (23/07) pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), mostra que São Bernardo encerrou o primeiro semestre deste ano com redução nos principais indicadores criminais.

De janeiro a junho, a cidade teve queda de 35% no número de casos de homicídios, passou de 20 para 13 na comparação com o mesmo período de 2020. Houve ainda queda de 7,69% nas ocorrências de estupro em geral (de 26 para 24) e recuo de 3,74% no roubo de veículo (de 562 para 541).

INVESTIMENTOS – A queda dos indicadores é resultado dos investimentos realizados na guarda, que passou a contar com novos equipamentos, como armas, coletes e viaturas 0 km. Além disso, a Prefeitura vem promovendo uma nova política de valorização da GCM, com equiparação salarial com a Polícia Militar e mudança do regime de contratação dos guardas. Outro importante reforço é o COI (Centro de Operações Integradas) de Segurança, inaugurado em novembro de 2019. O equipamento reúne cerca de 400 profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil e GCM para maior combater o crime no Grande ABC.
Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários


Veja Também



Voltar