Diarinho

Cultura oriental com sabor brasileiro




Ninjin é um filhote de coelho falastrão e individualista que só quer saber de uma coisa: se tornar um masterninja, assim como seus ancestrais e igualzinho àqueles que ele vê na TV, nos games e nos quadrinhos.

Ao lado dos amigos, uma frenética raposa, a Akai, e um sapinho com poderes mágicos, o Flink, Ninjin, série original de animação brasileira, chega à plataforma HBO Max e retorna às telas do canal de TV por assinatura Cartoon Network para o complemento da temporada.

Em comédia com muita ação e personagens divertidos, os amigos serão treinados pelo Sensei – completamente maluco – e enfrentarão as situações mais absurdas possíveis.

Juntos, prometem combater o tédio e tocar o terror por onde passam e (quase) se tornar guerreiros lendários ao enfrentar as forças malignas de Shogun Moe. 

Em um dos 12 episódios, a trupe conseguirá vitória importante, quando Ninjin termina com a pedra elementar de fogo e um ego altamente inflado. Mas isso só aconteceu, é claro, por conta do poder de união e amizade da turma.

A comédia ainda faz muitas referências à cultura oriental e aos animes, já que se trata de série baseada no game Ninjin: Clash of Carrots (lançado em 2018 pela Pocket Trap). 

A estreia de Ninjin ocorreu na sexta-feira. Todos os episódios já estão disponíveis na HBO Max. Já no Cartoon Network, os novos serão lançados às segundas, a partir de amanhã, às 17h45.

Comentários


Veja Também



Voltar