Memória

Mestres do vestibular. Eles fazem cabeças. E encaminham futuros profissionais.




Na história do Diário, a presença do Singular, ontem um cursinho que também promovia cursos de madureza voltados ao trabalhador da indústria, hoje rede de ensino: parceria escola-jornal, de peças publicitárias que explicam a evolução do próprio Grande ABC.

Um estudo do que o Singular publicou – e publica – no Diário do Grande ABC levará a uma verdadeira linha do tempo que fez história na região, desbravando cidade por cidade, levando conhecimento, formando.

Há 30 anos, este anúncio. Os professores são chamados de “feras”. Fizeram história no Singular ou seguiram outros caminhos, mas aqueles tempos efervescentes, da chamada República do Grande ABC, ficaram eternamente registrados nas páginas do jornal e na memória de gerações.

Terra dos Bandeirantes.

A ópera de Titta Ruffo.

O Teatro Municipal de São Paulo.

Texto: Milton Parron

Na primeira parte do Memória que irá ao ar hoje, amanhã e durante a semana, será apresentado um programa completo que foi ao ar em março de 1952 chamado Terra dos Bandeirantes. Programa produzido e escrito pelo extraordinário Oswaldo Molles e apresentado às terças feiras. 

Cada semana um tema. O que irá ao ar hoje no Memória focalizou a noite paulistana naquela época, em que se avizinhavam as comemorações do IV Centenário de São Paulo. 

Além dos locutores que faziam a narração, participavam vários integrantes do elenco de rádio, teatro e do departamento artístico da emissora, incluindo a Orquestra Bandeirantes, tudo ao vivo. 

Na segunda parte do Memória o espaço será para Sérgio Casoy, um profundo estudioso de um ramo da cultura artística infelizmente muito pouco divulgado, a ópera. 

Além de falar de música erudita, Sérgio contará detalhes da inauguração do Teatro Municipal de São Paulo em 1911.

Fechando programa, uma entrevista do repórter José Carlos de Moraes, o Tico-Tico, feita em Florença, Itália, em 1951, justamente com o barítono cuja companhia inaugurou o Teatro Municipal de nossa cidade, Titta Ruffo. 

EM PAUTA. Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – O Rádio e a Ópera. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 22h, ou após o futebol, com reprise domingo às 7h e durante madrugadas da semana.

Diário há meio século

Sábado, 10 de julho de 1971 – ano 13, edição 1583

Manchete – Sismo abala São Paulo durante cinco minutos

Apesar da sua pouca intensidade, o terremoto fez lustres de apartamentos balançarem e portas e janelas rangerem, enquanto os prédios executavam um movimento pendular.

Em 11 de julho de...

1911 – Octaviano Armando Gaiarsa nasce em Santo André. Médico e historiador. Autor do clássico A Cidade que Dormiu Três séculos, numa referência à vila e à cidade de Santo André.

1976 – Frio intenso: a mínima chega a 1 grau positivo na região.

1991 – A Prefeitura de São Caetano anunciava a abertura de concurso público para preencher 30 vagas com mulheres interessadas em atuar na Guarda Municipal. 

Mulheres já atuavam nas GCM de Santo André e Ribeirão Pires.

Hoje

Dia da Pizza. Data instituída em 1985

Dia do Truco

Santos do Dia

Felicidade e seus sete filhos, os Santos Januário, Félix, Filipe, Silvano, Alexandre, Vital e Marcial.

Bem-aventurados Francisco, Abdul-Muti e Rafael Massabki

Rufina e Seconda. Duas jovens mártires romanas do século III

ANTONIO DA GRUTA. Antes se chamava Antipas. Nasceu na Ucrânia no ano de 983. Percierskij é o seu apelido e tem o significado ‘da gruta’. Trata-se de uma referência à cela, escavada por ele mesmo, no vale de Dnjepr, próximo a Kiev, que deu origem à vida monástica russa

Municípios Brasileiros

No Estado de São Paulo, hoje é o aniversário de Bananal, Capivari, Pindamonhangaba, Santa Isabel e Rio das Pedras.

Pelo Brasil: Araruna e Sousa (Paraíba); Bambuí (Minas Gerais); Santo Amaro da Imperatriz (Santa Catarina); e São Luiz do Norte (Goiás).

Comentários


Veja Também



Voltar