Diarinho

Cuidar da boca ajuda a prevenir a Covid-19




Um estudo, iniciado em março pelos pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo), apontou, pela primeira vez, a presença do novo coronavírus na gengiva de pacientes que perderam a batalha para a doença. A análise, que foi publicada no Journal of Oral Microbiology, abre caminhos para ligar a saúde bucal à presença da Covid-19 na saliva de pessoas infectadas.

Em publicação inicial sobre esse estudo, segundo o doutor em periodontia e ex-professor da Faculdade de Odontologia da USP Sérgio Mauro Giorgi, as doenças periodontais, ou seja, relacionadas a uma infecção gengival, podem agravar para todo o corpo. Por isso, ele reforça como a saúde bucal pode influenciar todo o restante do corpo humano, podendo causar desde doenças pulmonares e cardiológicas até o agravamento por conta da Covid-19. 

Giorgi então comprova quão necessária é a higiene oral adequada e focada em cada paciente. Lembrando que o cuidado é necessário em todas as idades. 

O doutor também explica que, por meio da boca, os vírus e bactérias podem ser transmitidos para a corrente sanguínea. “Isso pode acontecer quando a manutenção da higiene da boca não é bem desenvolvida pelo paciente”, comenta. 

Diante disso, todos os cuidados com a saúde bucal – como uso de fio dental e a escovação –, além dos cuidados contra a Covid, como uso de máscaras e higiene das mãos, são mais do que fundamentais. 

(com Estadão Conteúdo)

Comentários


Veja Também



Voltar