Economia

Diário junta forças em ação de combate à fome




O projeto ABC Solidário – Empresários Contra a Fome ganha o reforço do Diário. A campanha, que tem como meta arrecadar alimentos para pessoas que foram afetadas pela pandemia de Covid-19, foi lançada na última semana e reúne pelo menos 70 líderes das principais empresas da região.

O jornal vai repassadar ao grupo as cestas básicas que foram arrecadadas a partir da live solidária que marcou seu aniversário de 63 anos, no dia 11.

A empresária Naura Denadai, da Macla Empreendimentos e Participações, é uma das apoiadoras da iniciativa. Ela destaca a adesão do empresariado em momento tão complicado. “A maior lição é que temos de ter coragem para propor às empresas e aos amigos mais este papel social. As empresas geram empregos, pagam seus impostos, arcam com prejuízos da pandemia e ainda assim, em um ato de amor e resiliência, se unem para pensar naqueles que estão em situação de alta vulnerabilidade”, afirmou. “É um momento difícil, mas precisamos ter fôlego para ajudar essas pessoas”, completou Naura.

Proprietário do Grupo Baby Beef, o empresário Luiz Américo conta que a inspiração para a campanha surgiu após ser procurado por amigos que gostariam de ajudar aos mais necessitados, mas que não sabiam de que maneira. Ele então teve a ideia de arrecadar doações destinadas às famílias das sete cidades. A entrega será intermediada por entidades, como o Projeto Shalom, localizado em Santo André, e o Instituto Ensina, de Mauá.

A gerente de Comercial e de Marketing do Diário, Karyn Paiva, agradece a oportunidade o jornal estar integrado ao projeto. “É uma grande celebração nos unirmos a esta ação tão importante”, declarou a executiva.

DOAÇÃO
Desde a live do dia 11, o Diário segue arrecadando doações. Os interessados em contribuir podem levar alimentos ou doces na sede do jornal (Rua Catequese, 562). Mais informações pelo fone (11) 4435-8100. 

Comentários


Veja Também



Voltar