Economia

Aposentado deverá fazer prova de vida em bancos ou aplicativos




O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai retomar o bloqueio de benefícios de aposentados e pensionistas que não fizerem a chamada prova de vida. Os bloqueios estavam suspensos desde março de 2020, por causa da pandemia de Covid-19.

O novo calendário estabelece que os beneficiários que tinham previsão de fazer a prova de vida em fevereiro do ano passado precisam realizar até o dia 31. Aqueles com calendário inicial previsto para março e abril de 2020 têm até junho.

De acordo com o INSS, 160 mil aposentados e pensionistas que deveriam ter feito o processo em fevereiro do ano passado precisam realizar até o dia 31, para receberem normalmente o benefício no próximo mês.

O órgão afirmou que, apesar do bloqueio dos pagamentos ter ficado suspenso nos últimos 15 meses, a prova continuou sendo feita normalmente. Desde o início do ano, 6,5 milhões de pessoas realizaram o procedimento, que pode ser feito pessoalmente nas agências bancárias, ou por meio dos aplicativos do Banco do Brasil, ‘Meu INSS e ‘Meu gov.br’, que podem ser baixados por meio do celular ou computador. Nestes casos, a comprovação de vida pode ser feita por biometria facial. Dessa forma, é evitado o bloqueio.

A partir de junho, o bloqueio por falta de comprovação de vida será feito de forma escalonada, de acordo com o descumprimento dos prazos mensais para a comprovação, que tem que ser feita anualmente.

Comentários


Veja Também



Voltar