Cena Política

Na briga a federal, Eliezer é cotado por tempo de casa no Podemos




O Podemos é um dos partidos que colecionam mais expectativas para a eleição do ano que vem. Diante do baixo quociente eleitoral e com vitórias em cidades estratégicas pela Região Metropolitana – casos de Mogi das Cruzes, Itapevi e Osasco –, a sigla se tornou queridinha de quem possui planos de voos maiores na política. Mas quem já estava na legenda busca também seu lugar ao Sol no momento em que a agremiação está em alta. Uma dessas figuras é Eliezer Mendes (Podemos), vereador de São Bernardo. Eliezer está no partido desde a época de PTN, antiga denominação do Podemos. Em segundo mandato, possui estreita relação com a deputada federal Renata Abreu, cacique nacional do Podemos. E seu nome vem sendo especulado para concorrer a deputado federal no ano que vem, em uma dobrada regional com o já deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), que tem domicílio eleitoral em Diadema.

Visita
Comandante do CPA/M-6 (Comando do Policiamento de Área Metropolitano 6), responsável pelo Grande ABC, o coronel Gilson Hélio Jesus dos Santos visitou a sede do Diário e foi recebido pelo diretor-superintendente do jornal, Marcos Bassi. Coronel Hélio prometeu aproximar a corporação da população e ampliar as ações em bairros onde há maior número de reclamações. Há cerca de um mês à frente do comando regional, Hélio foi responsável pela implementação do Baep (Batalhão de Ações Especiais), localizado na região central de São Bernardo.

Pauta adiada
O TCE (Tribunal de Contas do Estado) adiou a avaliação do convênio firmado pelo governo do ex-prefeito Paulo Pinheiro (DEM) com a Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano), na gestão do advogado Walter Estevam Junior (Republicanos), para o projeto do Natal Iluminado. A parceria, que envolveu R$ 1,2 milhão, sendo R$ 1 milhão de recursos públicos, foi alvo de CPI na Câmara e segue em investigação no Ministério Público. A suspeita é de desvio de verba com quarteirização irregular dos serviços. Estevam nega ilegalidade.

Propostas – 1
Grupo formado por figuras da classe política das mais variadas esferas de poder, a Locomotiva SP propôs cinco projetos de lei na Câmara de São Caetano. Na segunda-feira, o deputado estadual Arthur do Val (Patriota), conhecido como Mamãe Falei, o vereador paulistano Rubinho Nunes (Patriota) e o parlamentar de São Bernardo Glauco Braido (PSD) estiveram em São Caetano, em agenda com o vereador César Oliva (PSD), e com o porta-voz do MBL (Movimento Brasil Livre) na cidade, Pedro Umbelino, para assegurar o protocolo das propostas.

Propostas – 2
As sugestões envolvem autorização de abertura dos comércios de São Caetano por no mínimo dez horas durante a pandemia; aumento da frota de ônibus no município para evitar aglomerações; suspensão da cobrança do pagamento e de protestos de inadimplentes de impostos municipais de quem foi diretamente afetado pela crise da Covid-19; proibição de contratação de servidores em meio à pandemia, exceto para as áreas de saúde, segurança e assistência social; e aval para uso dos veículos de propriedade da Câmara para auxiliar na campanha de vacinação. 

Comentários


Veja Também



Voltar