Palavra do Leitor

O futuro do licenciamento ambiental




Como órgão ambiental de referência para a cidade, para o Grande ABC e também para o País, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) dá mais um passo em direção ao desenvolvimento de futuro mais sustentável: iniciamos hoje o licenciamento ambiental digital no município. O licenciamento ambiental é um dos instrumentos de gestão ambiental estabelecidos pela Política Nacional do Meio Ambiente e os seus processos e procedimentos têm o objetivo de preservar os recursos naturais existentes, garantindo a qualidade ambiental da cidade e, consequentemente, preservando a qualidade de vida da população. Por si só, é ferramenta importantíssima para uma cidade sustentável e Santo André, por meio do Semasa, se destaca ao realizar este trabalho há quase 20 anos.

Hoje, ao iniciarmos o licenciamento ambiental digital, estamos desburocratizando o processo, tornando-o mais ágil e transparente. Além da óbvia economia de papel que será gerada, munícipes e interessados que ingressarem com pedidos junto à autarquia poderão fazê-lo de qualquer lugar, a qualquer hora do dia, sem necessidade de visita presencial. Em tempos de pandemia e distanciamento social, a plataforma também vai permitir que dúvidas, orientação e atendimento técnico possam ser realizadas virtualmente, por meio de chat. O município e o Semasa ganham mais efetividade, integração e economia de recursos. Conquista que também deve ser celebrada junto aos funcionários da autarquia, que não mediram esforços para implantar esta novidade.

Além do ganho do ponto de vista operacional do trabalho, o sistema digital de licenciamento já está integrado ao sistema municipal de autorizações, certidões e alvarás, o que vai contribuir em mais eficiência e rapidez ao empreendedor, que utilizará apenas um canal de atendimento e de solicitações. Estas melhorias geradas pela informatização dos serviços é uma das diretrizes da administração municipal, que faz parte do modelo de gestão desenvolvido desde 2017 e que levou Santo André a ganhar em 2020 o primeiro lugar no ranking de serviços de cidades inteligentes, em estudo realizado pelo SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e Serviços Móvel Celular e Pessoal) e pela Teleco.

O licenciamento ambiental é recurso fundamental para garantir o futuro da nossa cidade, que alia desenvolvimento econômico e preservação ambiental. Com a implementação desta nova ferramenta aos processos de trabalho no licenciamento, seguimos no resgate do protagonismo ambiental pelo qual a autarquia andreense sempre foi reconhecida.

Gilvan Junior é superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André).


PALAVRA DO LEITOR

Opinião
Interessante ver pessoas criticando esta coluna Palavra do Leitor por publicar a opinião sobre o ignóbil presidente, como se isso fosse proposital ou tendencioso. Esta coluna sempre se pautou por colocar todas as opiniões que seus leitores têm e que as enviam. Sou leitora deste jornal desde que meu pai era assinante e eu era adolescente. Hoje estou com 58 anos e continuo leitora assídua, portanto, me sinto em condições de afirmar que esta coluna sempre se pautou em publicar as opiniões de seus leitores, mesmo quando essas criticavam duramente os presidentes anteriores. Agora acredito que se mais leitores se colocam contra este ‘presidente’ é só questão de perceber o quanto ele está destruindo nosso amado País e seus cidadãos, o que vai refletir diretamente no número de cartas que o criticam. Elementar...
Cecília Auxiliadora Bedeschi de Camargo
Mauá


Governo Doria
Que governador é este, que retirou o benefício da minha mulher, que tem prótese no joelho esquerdo, de adquirir carro PCD? Até entendo que tem muita falcatrua, mas investigue e não generalize, pois não é o caso dela, que dispõe de todos os laudos. Ela foi renovar a CNH, e o laudo médico diz que a restrição é leve e enviaram para o Detran. Verificamos que ela terá de fazer exame prático em carro mecânico para dirigir mesmo veículo automático, sendo que este tem restrição de venda por quatro anos. No Poupatempo, o supervisor e o diretor afirmaram que terá que realmente fazer exame prático. O custo de nova CHN é de aproximadamente R$ 1.200. Na renovação só foi retirada a restrição, portanto, simples CNH, volta ao normal. Habilitada há 43 anos, categoria ‘D’, depois ‘B’, agora B/A/G, mas terá que fazer tudo de novo, para a categoria B/A, para dirigir o mesmo carro.
Carlos Alberto Frabetti
Santo André


Visita
Sirvo-me deste espaço democrático Palavra do Leitor , do nosso Diário, lídimo representante de nossa imprensa regional, para noticiar que no dia 1º de maio, véspera do aniversário da emancipação político-administrativa de Rio Grande da Serra , nós, moradores do bairro Vila Conde, Siciliano, recebemos a grata visita do prefeito municipal, Claudinho da Geladeira, se fazendo acompanhar do secretário daquela municipalidade Ronaldo Venâncio, pessoa por demais querida por nossa gente . Devo salientar que aquela visita se transformou em fato inusitado, uma vez que durante 50 anos que aqui resido, jamais presenciei andanças de um prefeito por ruas ao longe do Centro da cidade de maneira pedestre e em dia não útil, indo de casa em casa, em especial de pessoas idosas, em estado de quarentena, devido à pandemia, levando a todos cumprimentos de solidariedade, conforto, carinho, esperança de dias melhores para o Brasil e o mundo. Obrigado, prefeito Claudinho, continue com o seu apreço e preocupação constante em proporcionar dias melhores para o nosso povo.
Iris Moreira de Santana
Rio Grande da Serra 

Comentários


Veja Também



Voltar