Setecidades

Diário lança série em homenagens às mães do Grande ABC




 O Diário publica a partir de amanhã a série Mãe Nossa de Cada Dia. Até domingo, dia 9, Dia das Mães, o jornal mostra histórias de mulheres normais, que são profissionais, amigas, esposas, namoradas, mas que, acima de tudo, com todo amor e dedicação do mundo, são mães. Não são super-heroínas. Muitas também rejeitam o rótulo de guerreiras. Preferem a palavra sobrecarregada. Falam dos desafios, sonhos e medos que cultivam com relação aos filhos.

Rotinas de mães que lidam com os desafios de ter filhos com alguma necessidade especial; mães de pessoas LGBT+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, entre outras identidades e expressões de sexualidade e gênero), que lutam contra o preconceito em apoio às suas crias; mães que viram a sua experiência na maternidade mudar suas vidas e seus rumos profissionais. Que sonham com a liberdade dos filhos. Mães de todo dia.

Ao publicar a série, o Diário lembra a necessidade de cada mãe – e cada mulher – praticar o autocuidado e se livrar da culpa materna. Mestre em psicologia positiva, Adriana Drulla é autora do estudo Transmissão Intergeracional da Autocompaixão e apontou que o problema da culpa materna é a forma como ela é prevalente e crônica. “Sabemos que a culpa acontece para motivar uma maior coerência entre nossas ações, expectativas e valores. Mas, no caso da culpa materna, as expectativas são inatingíveis e os valores incoerentes, logo, é impossível se adequar”, citou.

Adriana lembra a importância de se praticar a autocompaixão. “Isso envolve a capacidade de fornecer suporte emocional a si mesmo, enfrentando desafios e adversidades com maior perspectiva e com a compreensão de que as dificuldades são comuns a todas as pessoas”, explicou. “Significa olharmos para as dificuldades com realismo e não com lentes de aumento. É sobre adotar uma postura gentil com relação a si mesma, dando para si o que você precisa em um momento difícil, seja um banho demorado, seja pedir ajuda para alguém porque você precisa relaxar”, concluiu a especialista.

Para ler todas as matérias da série clique aqui.

Comentários


Veja Também



Voltar