Contexto Paulista

Controle de queimadas poupa emissão de gases poluentes na atmosfera




O controle das queimadas de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo tem evitado a emissão de gases poluentes na atmosfera e tirou de circulação 71 milhões de toneladas de monóxido de carbono desde o início do protocolo em 2010. A informação é do secretário de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, ao analisar os resultados obtidos pelo programa “Etanol Mais Verde”, do governo estadual, em parceria com o setor sucroenergético. O monóxido de carbono é um dos causadores do chamado efeito estufa, associado ao aquecimento global. Para 2021, o compromisso é de que 4,4 milhões de hectares manterão boas práticas agroambientais, envolvendo 117 usinas e 5 mil produtores rurais.

Contra a fome
440 municípios paulistas já aderiram à campanha contra a fome no Estado. Os alimentos são destinados às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Esta semana, a Assembleia Legislativa de São Paulo aderiu à campanha contra a fome realizada pelo governo estadual em parceria com o Fundo Social de Solidariedade e secretarias. Podem ser doados produtos não perecíveis como arroz, feijão, óleo, macarrão, leite em pó e enlatados, entre outros, ou cestas básicas.

Nova fábrica
A Pet Society, maior empresa nacional de produtos de higiene para pets, inaugurou dia 31 de março sua nova fábrica em Guarulhos, na Grande São Paulo. Com investimento de R$ 35 milhões, a unidade aumentou a capacidade instalada de produção da empresa em mais de 300%, saltando de 150 ton/mês para 530 ton/mês. A nova unidade tem uma área de 7.100 m², na qual a empresa investiu em tecnologias de automação dentro do conceito da indústria 4.0 e IOT. Os novos equipamentos de produção possibilitam que o processo produtivo seja monitorado e controlado remotamente por meio de um aplicativo de celular.

Crescimento
A Pet Society adquiriu 8 novos reatores de mistura e emulsificação que produzem formulações especiais que podem ser vendidas a mercados exigentes. A empresa, que já exporta sua produção para 39 países, tem visto uma demanda crescente pelos produtos desenvolvidos em seu centro de P&D em São Paulo. A Pet Society possui uma filial nos Estados Unidos, maior mercado global. As informações são da agência InvestSP, que prestou suporte à empresa durante o processo de construção da fábrica.

Investimento no Interior
A prefeitura de Lins, no Interior Paulista, assinou contrato de concessão de uma área situada no Parque Industrial I ao empresário Rubens Câmara, um dos sócios do Grupo AMB. A concessão tem validade de 30 anos (renovável por mais 30) e compreende uma área de 7,1 mil metros quadrados. No terreno será construída uma fábrica para produção de big bags e sacarias, utilizadas como embalagens para armazenar açúcar e fertilizantes. O investimento será de R$ 3 milhões e criará 100 empregos diretos. “Sempre ressaltamos que antes de buscarmos investidores de fora, temos que acreditar e apoiar a expansão dos empreendedores locais”, declarou o prefeito, João Pandolfi.

“O Vale” inova
Rodeado de criatividade e inspirando inovação. Esse é o cenário que o jornal O Vale encontra no Parque Tecnológico da Univap (Universidade do Paraíba), maior campus privado do país, em São José dos Campos, e que passa a ser o endereço de suas novas instalações. “O jornal estará rodeado de criatividade por todos os lados e trará mais inovação, e isso é bom para todos”, diz João Batista do Prado Junior, diretor do Parque Tecnológico da Univap. O Vale faz parte da Rede APJ (Associação Paulista de Portais e Jornais).

Soluções criativas
Simultaneamente, O Vale anunciou o lançamento do Projeto OVALE, conjunto de 10 medidas criadas com o intuito de ampliar e diversificar a cobertura jornalística, promover soluções criativas na produção multimídia de conteúdo, reforçar o combate às fake news e promover novas parcerias. O jornal foi selecionado pelo Google para o relatório global de boas práticas na produção de notícias e foi um dos três periódicos do país escolhidos pela empresa para a gravação de um documentário. Entre outras ações, o projeto traz o desenvolvimento de um espaço especial para notícias positivas e inspiradoras e a criação da Redação 360º.

Otimismo na indústria
A indústria registrou desempenho positivo em março, de acordo com a pesquisa Sondagem Industrial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador de evolução da produção cresceu 3,4 pontos entre fevereiro e março de 2021, passando de 47,1 pontos para 50,5 pontos. A utilização da capacidade instalada está em 68%, maior percentual para o mês de março desde 2014. O indicador de evolução do número de empregados ficou próximo à linha de 50 pontos, o que indica que não houve redução no número de empregados. De acordo com o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, a pesquisa mostra que os empresários seguem otimistas.

Comentários


Veja Também



Voltar