Memória

História em construção




E em plena II Semana Santo André 2021, o mesmo engenheiro Aldo Filho acaba de receber um filme focalizando várias capivaras no Ribeirão dos Meninos, proximidades do Cemitério Memorial Phoenix. Flagrante filmado alguns dias atrás.

Capivaras, os novos moradores de Santo André e região.

“Nos meus tempos de repórter aéreo, vez por outra apareciam capivaras à margem do Tietê. Imagino que elas entravam na água na região do Parque Ecológico do Tietê e acabavam sendo arrastadas pela correnteza rio abaixo. Sei lá.”  

Geraldo Nunes

Onde é hoje a região do Glicério repleta de viadutos e mendigos, este lugar no passado era chamado de Várzea do Carmo. Ali, diziam, o Rio Tamanduateí dava sete voltas para depois seguir o seu curso por onde hoje está a Rua 25 de Março. 

Idem.

CURUÇÁ

Dentro da Semana Santo André 2021, sobre o bairro Curuçá, lembrei-me que li sobre a origem do nome Curuçá, que viria de ‘Cruz’ ou do nome do cavalo de Erasmo Assunção?

Tânia Geannaccini

Nota da Memória – A resposta está na tese de doutorado de Iberê Luiz Di Tizio, Santo André, a Causa Toponímica na Denominação dos Seus Bairros, que foi apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo em 2009, tese cuja cópia nos foi encaminhada pela própria Tânia, nossa ex-colega da Prefeitura de Santo André.

Escreve o pesquisador: “Curuçá, corruptela em tupi de ‘cruz’, era o nome do cavalo predileto de Erasmo Teixeira Assumpção, que era grande apreciador e possuidor de cavalos”.

DESCAMPADO

Meus amigos de Utinga e de Santa Teresinha estão gostando das reportagens sobre o 2º Subdistrito. E estão interessados em saber como era Utinga e Santa Teresinha no início do século XX. 

Um deles lembrou-se que, há tempos, a página Memória publicara uma foto de Utinga de 1919, ainda sem casa, e repleta de arbustos. Outros que não viram essa reportagem, e essa fotografia, perguntam se é possível a republicação

Alexandre Takara, orientador informal da página Memória.

Nota da Memória – Querido professor. A foto de 1919 pode ser vista no Face da Memória – endereço acima. Por isso, republicamos outra foto, que Memória publicou em 1998, acolhendo descoberta de um seu colega professor.

Diário há meio século

Quarta-feira, 21 de abril de 1971 – ano 13, edição 1516

Homenagem – Floriano Leandrini esteve na última semana na Vila Nova, em São Caetano, onde foi homenageado pela população do bairro em frente à nova igreja em louvor a Nossa Senhora de Fátima.

Nota – Por causa do feriado, o Diário não circulou em 22 de abril de 1971.

Em 22 de abril de...

1616 – Miguel de Cervantes, autor de Dom Quixote, falece em Madri.

1901 – Archimedes Galli organiza indústria de lenha, madeira e areia na Estação Rio Grande (da Serra). Para isso, adquiriu lanchas e caminhões e tem diversos operários com a tarefa de limpar o Rio Grande, que no futuro seria o principal formador da Represa Billings.

1916 – A morte do general Francisco Glicério, senador federal por São Paulo, é registrada na região. Bandeiras dos edifícios públicos foram hasteadas a meio pau. 

Suspensas as aulas no Grupo Escolar de Santo André, em sinal de pesar.

1956 – Na II Regata (competição de barcos) do ano na Raia Jurubatuba, em plena Represa Billings, em São Bernardo, vitória do Corinthians Paulista; em segundo, empatados, Floresta e Tietê; em terceiro, AA São Paulo.

Em Santiago do Chile, o Brasil torna-se tricampeão de atletismo. Joel Rosa da Silva venceu a prova dos 110 metros com barreiras.

Na Europa, em sua quarta apresentação, a Seleção Brasileira de futebol empata em 0 a 0 com a Checoslováquia.

1986 – Começa a valer o vale-transporte, em ônibus sob jurisdição do DER, nos trens metropolitanos da Fepasa e em lanchas do Departamento Hidroviário.

Hoje

Dia do Descobrimento (oficial) do Brasil: ano 521.

Dia Internacional da Terra

Dia da Comunidade Luso-Brasileira

Dia da Aviação de Caça

Santos do Dia

Sotero. Grego. Foi o 12º papa, entre os anos 166 e 174.

Leônidas. Viveu entre os séculos II e III em Alexandria, no Egito, sua terra natal. Religioso, professor e mártir.

Municípios Brasileiros

Em São Paulo, hoje é o aniversário de Itanhaém. Em 1532 Martim Afonso de Souza desembarca no local. O 22 de abril como aniversário da cidade é instituído em 1956, por decreto estadual e aprovação da Câmara Municipal.

No Brasil, também aniversariam em 22 de abril: Alcinópolis e Laguna Carapã, no Mato Grosso do Sul; Montalvânia, em Minas Gerais; e Pinheiros, no Espírito Santo.

Comentários


Veja Também



Voltar