Márcio Bernardes

Palmas para o derrotado


O Palmeiras perdeu a decisão da Recopa, mas saiu de campo com a cabeça erguida. O jogo foi igual, como o resultado, 2x2. A decisão nos pênaltis é sempre uma loteria. Conquista brilhante do Flamengo, mesmo brilho do Verdão.

Salada russa

A pandemia afetou diretamente a fase de grupos do Paulistão que voltou neste final de semana. Tivemos jogos da quinta, sétima, nona e décima primeira rodadas. A racionalidade não explica tanta irracionalidade. É melhor esperar as quartas de final.

Continua a mesma

O Paulistão poderia ter recomeçado na quinta-feira passada. Mas a Globo insistiu em marcar Guarani x Corinthians para o domingo as 16,00 horas. O Ministério Público bateu o pé e não aceitou. O acordo anterior teria de ser cumprido. Jogos apenas após as 20,00 horas.

Olimpíada

A tocha olímpica, que está circulando pelo Japão, não passou por Osaka, uma das cidades mais importantes do País. É que a região está sendo muito contaminada pelo coronavírus, na visão dos japoneses. São 800 casos por dia. Para eles um escândalo. Eu disse 800 casos e não 800 mortes.

Zebra não

Somente o mais fanático torcedor do San Lorenzo acredita que haverá reversão da vantagem do Santos. A classificação para a fase de grupos é iminente. O grupo C está reservado para o Santos, que vai enfrentar Boca Juniors, Barcelona (Equa) e The Stronguest (Bol). No primeiro jogo contra o San Lorenzo na Argentina deu 3 a 1 para o time brasileiro.

Sequelas

Se a bolha estourar será um escândalo. O dr. Moisés Cohen confirmou que alguns jogadores que contraíram Covid-19 têm problemas com miocardites, danos neurológicos e musculares. Os médicos estão atentos, até porque a doença é recente. Mas também muito perigosa para o corpo humano.

Recomendação

O ótimo livro do Dr. Geraldo da Costa e Silva, “A bola que rolou e rola”, conta histórias deliciosas sobre o futebol e seus vários personagens. O médico de Araçatuba, formado em Ribeirão Preto, tem um texto bambambã. Recomendo.

Pena

Lamento a saída da Thaísa da seleção brasileira. Mas compreendo a sua decisão. Todos os que gostam do vôlei devotam a ela respeito e admiração. Ela é bicampeã olímpica e uma das melhores jogadoras do mundo. Todos têm o seu ciclo.

Aplausos

As notícias recentes vindas dos políticos cariocas não são nada boas. Mas a decisão de arquivamento do processo que queria mudar para Pelé o nome do Maracanã foi muito aplaudida. Além do veto do governador Cláudio Castro. Seria uma agressão à história do jornalista Mário Filho se houvesse qualquer troca. 

Comentários


Veja Também


Voltar