Setecidades

Mauá zera fila de pacientes com Covid-19 que aguardavam por leito




A Prefeitura de Mauá conseguiu zerar a fila de pacientes com Covid-19 que aguardavam por um leito, seja enfermaria ou UTI (Unidade de Terapia Intersiva) no sistema Cross ( Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) nesta terça-feira (13). Em nota, o município informou que nas últimas 48 horas também não foi registrada nenhuma morte de pacientes com Covid-19 que esperavam por hospitalização.

De janeiro até agora a cidade ampliou em 150% na oferta de leitos de UTI. Até janeiro deste ano, eram 20 e agora são 50. Desse total, 40 estão no Hospital de Clínicas Dr Radamés Nardini e outros 10 foram disponibilizados em convênio com o Hospital Sagrada Família, que é particular. Já em relação aos leitos de enfermaria, a ampliação foi de 122%. Saltaram de 18 para 40.

“A quantidade é superior, por exemplo, quando comparamos a situação da cidade no ano passado, mesmo considerando o hospital de campanha. Nosso trabalho é sério e transparente nesta luta para preservar vidas”, afirmou o prefeito Marcelo Oliveira.

A Secretaria de Saúde de Mauá também trabalha para aumentar o conforto de quem procura as UPAs. “Cada uma das quatro unidades contará com 11 leitos de retaguarda com suporte ventilatório. Se o paciente precisar de assistência, terá todo o atendimento necessário”, explicou Célia Bortoletto, titular da pasta. 

Comentários


Veja Também



Voltar