Cena Política

PDT é acolhido após saída de Silvia Grecco




Partido integrante da base governista, o PDT de Santo André, presidido por Ivo de Lima, foi acolhido no governo de Paulo Serra (PSDB) com a Secretaria da Pessoa com Deficiência, área comandada até o fim do ano passado por Silvia Prin Grecco – ela aceitou convite de Bruno Covas (PSDB) para gerir pasta idêntica na prefeitura de São Paulo. Engenheiro, o dirigente da sigla no município ficará com a chefia do setor, enquanto o ex-parlamentar Zezão Mendes ocupa o posto de adjunto. As tratativas com os pedetistas já se arrastavam há longo período. Entre as conversas no Paço, se cogitou abertura de Habitação, essa sob indicação de Fernando Marangoni (DEM) – secretário executivo da mesma pasta no governo do Estado –, mas a ideia foi descartada. Surgiu a oportunidade potencializada com a vitória eleitoral do vereador Samuel Dias (PDT), que é cadeirante. O parlamentar foi cotado, inclusive, a assumir a secretaria, o que cederia espaço também para Zezão exercer parte do mandato na Câmara.  

Em bloco

 Os deputados Kim Kataguiri (DEM, federal, foto), Arthur do Val (Patriota, estadual), Heni Ozi Cukier (Novo, estadual) e Ricardo Mellão (Novo, estadual) vão desembarcar no Grande ABC na segunda-feira para agenda junto a políticos aliados nas cidades de Santo André e São Bernardo. A proposta do encontro tem objetivo de apresentar pacote de medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19 com vereadores, principalmente aqueles ligados ao MBL (Movimento Brasil Livre), como Márcio Colombo (PSDB) e Glauco Braido (PSD). As reuniões devem ocorrer nos respectivos gabinetes dos Legislativos.

Licitação

 O governo Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo, dará prosseguimento hoje ao processo licitatório para contratação de empresa que prestará serviço de publicidade institucional da Prefeitura. A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para ocorrer às 10h. O contrato, que pode ser firmado com até três prestadoras, tem potencial para atingir R$ 137,5 milhões em cinco anos. A concorrência de número 10.006/2021 envolve, inicialmente, R$ 22 milhões por 12 meses. O acordo possibilita prorrogação por 60 meses e aplicação de aditivo de 25%, conforme rege a Lei Federal 8.666/93, a Lei de Licitações. 

 Faixa 

 Em repúdio à postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate à crise sanitária no País, grupo resolveu estender ontem faixa na passarela do Terminal Ferrazópolis, do trólebus, em São Bernardo. A ideia, registrada nas redes sociais, foi patrocinada pelo denominado Coletivo Democracia Corintiana – todos estavam com máscara de proteção facial. O material, na cor preta, que inclui o rosto de Bolsonaro entre as letras, contém a frase: “Fora genocida, vacina já”. 

 Adiado

 O TCE (Tribunal de Contas do Estado) retirou da pauta o pedido de reexame interposto pela defesa do ex-prefeito Lauro Michels (PV), de Diadema, contra parecer prévio desfavorável às contas de 2018. A apreciação estava marcada para ocorrer ontem, mas a Corte decidiu prorrogar a data. A relatoria aponta série de irregularidades no balancete, a exemplo de investimento em educação abaixo do teto constitucional, desequilíbrio fiscal, além de outros dois pontos que também motivaram rejeição em anos anteriores: excesso de gastos com pessoal e calote junto ao Ipred (Instituto de Previdência de Diadema). 

 Importunação sexual

 Projeto da vereadora Professora Magali Selva Pinto (Cidadania), de São Caetano, que dispõe sobre a obrigatoriedade das empresas de ônibus públicos afixarem placa informativa sobre o crime de importunação sexual, foi avalizado na terça-feira em primeiro turno. A medida, de acordo com o texto, envolve colocar aviso no interior dos veículos de transporte coletivo que prestam serviço na cidade.

Comentários


Veja Também



Voltar