Esportes

Prata na Bulgária devolve Ícaro Miguel à liderança do ranking mundial de taekwondo




O taekwondista Ícaro Miguel, da AD  São Caetano, reassumiu a liderança do ranking mundial na categoria 87 kg e chegará nesta condição aos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, entre julho e agosto. O atleta retomou o posto que já havia ocupado em 2020 ao faturar a medalha de prata no Aberto de Sofia, na Bulgária, em março. Aliás, nesta mesma competição a são-caetanense Milena Titoneli foi bronze na categoria 67 kg.

Para chegar até a medalha de prata, o atual melhor do mundo passou pelo alemão Cem Unlusoy na primeira fase, pelo sérvio Milos Golubovic nas quartas de final e pelo jordaniano Anas Sadek na semi, mas acabou derrotado na final pelo espanhol Daniel Ros Gomez.

“Até os Jogos Olímpicos, pretendemos competir em mais dois eventos como preparação: o Campeonato Pan Americano e algum Open europeu. Mas ainda dependemos da confirmação dos eventos devido à pandemia, para confirmar a nossa programação de competições”, disse Ícaro Miguel, que desde janeiro está treinando em Belgrado, na Sérvia.

Segundo o coordenador-técnico do taekwondo de São Caetano, Marcelo Todaro,  é possível que ambos os atletas possam ir ao pódio em Tóquio. “Eu acredito muito no trabalho que está sendo realizado pelos técnicos Clayton dos Santos (que também é treinador da Seleção) e Reginaldo dos Santos (ambos comandam a equipe de São Caetano e estão na Sérvia junto dos competidores), e pela regularidade que os atletas estão tendo nas competições internacionais. Creio e torço tanto pelo Ícaro quanto pela Milena e sei que eles vão brigar por uma medalha para São Caetano e para o Brasil”, disse Todaro. 

Comentários


Veja Também



Voltar