Economia

Opep+ decide elevar produção de petróleo 'gradualmente' de maio a julho




A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, grupo conhecido como Opep+, decidiu elevar a produção de petróleo "gradualmente" de maio a julho. A decisão foi tomada em reunião virtual dos países-membros e anunciada nesta quinta-feira, 1º de abril, via comunicado oficial.

A nota, contudo, não informa precisamente a quantidade de elevação na oferta.

"A reunião aprovou o ajuste dos níveis de produção para maio, junho e julho de 2021, continuando a respeitar o mecanismo ... de realização de encontros mensais avaliar as condições de mercado e decidir sobre os ajustes do nível de produção para o mês seguinte, sendo que cada ajuste não vai ultrapassar os 500 mil barris por dia", limita-se a dizer o comunicado oficial.

De acordo com reportagem da Dow Jones Newswires, citando fontes, a elevação na oferta será de 350 mil barris por dia (bdp) em maio e junho e de 450 mil bpd em julho.

Para justificar o aumento na produção da commodity, a Opep+ diz, no comunicado oficial, que houve melhoras no mercado de petróleo graças ao processo de imunização contra a covid-19 e a estímulos econômicos anunciados em países como os Estados Unidos.

Por outro lado, fala em "volatilidade" que demanda "abordagem cautelosa".

Comentários


Veja Também



Voltar