Memória

1982. O maior pleito da história


Em 1982, o show de bola na região ficou por conta das eleições à Câmara Federal e Assembleia Legislativa. Se hoje temos tão poucos representantes em nível de União e Estado – Santo André, por exemplo, neste ano de 2021 não tem nenhum deputado - em 1982 conseguimos eleger oito deputados legitimamente locais.

PT: Djalma Bom, Cicote e Expedito Soares

PMDB: Cheidde, Raimundo e Leandrini

PTB: Botelho e Clorinda Sampaio

Franco Montoro, governador

Severo Gomes, Senador

551– O Diário do Grande ABC realizou mais uma grande cobertura nas eleições gerais de 1982, em 15 de novembro, feriado que caiu numa segunda feira. Em manchete, destacou: “Oito deputados representarão o Grande ABC” (cf. edição de 25-11-1982).

552 – Os cinco partidos em funcionamento na região lançaram 48 candidatos a deputado estadual e federal. PT, PMDB e PTB conseguiram eleger pelo menos um candidato cada; PDS e PDT não elegeram nenhum.

553 – Os deputados federais eleitos pela região foram: Djalma Bom, do PT de São Bernardo, com 164.398 votos; Felipe Cheidde, do PDDB de São Bernardo, com 103.389 votos; Raimundo da Cunha Leite, do PMDB de São Caetano, com 87.109 votos; e José Mendes Botelho, do PTB de Santo André, com 66.441 votos.

554 – À Assembleia Legislativa, os eleitos, pelo Grande ABC, foram José Cicote, do PT de Santo André, com 81.118 votos; Floriano Leandrini, do PMDB de São Caetano, com 64.723 votos; Expedito Soares, do PT de São Bernardo, com 62.845 votos; e Clorinda Sampaio, do PTB de Santo André, com 41.250 votos.

555 – O Grande ABC conseguiu emplacar, ainda, dois suplentes à Câmara Federal: José Nogueira, segunda suplência do PT, seguido pelo deputado federal Benedito Marcilio, que não conseguiu se reeleger.

556 – À Alesp, três candidatos da região ficaram na suplência: Ademir Scarpelli, primeiro suplente do PTB; Juraci Magalhães, primeiro suplente do PT; e Fernando Leça, terceiro suplente do PMDB.

557 – Votaram nas eleições de 1982, no Estado de São Paulo, 11.597.985 eleitores. Franco Montoro foi eleito governador com 5,2 milhões de voto, seguido por Reynaldo de Barros, Jânio Quadros, Lula e Rogê Ferreira.

NOTA – O último governador de São Paulo eleito em sufrágio universal havia sido Adhemar de Barros, em 7-10-1962, 20 anos antes; cassado em 1966, Adhemar foi substituído em 1966 pelo vice-governador Laudo Natel, que também havia sido eleito diretamente em 62.

558 – Severo Gomes foi eleito senador por São Paulo, seguido por Adhemar de Barros Filho, José Papa Junior, Blota Junior, Faria Lima, Jacó Bittar e Euzébio Rocha.

559> – Com 920.741 eleitores, o Grande ABC já representava um colégio eleitoral dos mais importantes. Tanto que, nas últimas horas da campanha ao governo do Estado, quatro candidatos estiveram na região: Montoro em Santo André, Reynaldo de Barros em Santo André e São Bernardo, Jânio em Ribeirão Pires e Lula em Mauá.

560 – Uma campanha renhida. “Faltou civilidade”, declarou o cientista político Bolívar Lamounier em entrevista à repórter Fátima Murad, do ‘Diário’.

“Da safra de candidatos, poucos se salvam”,

Cf. ‘Diário’, em editorial, 12-11-1982, três dias antes das eleições.

Diário há meio século

Terça-feira, 30 de março de 1971 – ano 13, edição 1498

Manchete – Paulo VI recebe líder comunista.

Vaticano (AFP) – Pela primeira vez na história um papa dirigiu uma alocução oficial a um chefe de estado comunista. Recebeu o presidente Tito, da Iugoslávia.

Movimento Sindical – Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo anuncia que a subsede de Diadema será inaugurada em 17 de abril (de 1970).

Primeira Divisão – No Estádio Municipal, futuro Bruno Daniel, o Santo André FC vence o Bragantino e fica líder: 1 a 0, gol de Maurinho.

II Copa João Ramalho – São Caetano 1, Diadema 0 (gol de Marista); São Bernardo 2, Santo André 0 (gols de Lídio e Cobrinha); Ribeirão Pires 4, Mauá 0 (gols de Peiroca, dois de Miltinho e Didi).

Especial – O triste trajeto das olarias às sarjetas.

Em 30 de março de...

1956 – Casa da Esperança de Santo André, com 243 matriculados, elege sua nova diretoria. Presidente, Alice B. Marigo Martins; vice-presidente, Tereza Di Giulio; 1ª secretária, Yolanda Beccardi; 2ª secretária, Elly Ferreira Awada; 1ª tesoureira, Sylla Gonzaga; 2ª tesoureira, Beatriz Amazonas.

Conselho Administrativo: Maria Eliza Bierrembak Savoy, Marina Tognato, Wilma Beretta, Maria do Carmo Paiva Azevedo, Iracema Poletto, Yolanda Baccardi, Suzy Moll, Olga Gerodetti, Dayzi Pezzolo, Inah Cirino, Gwem Siggers, Helena Kowarick, Vera Pyles Lozano, Constança Simões, Maria José Martins, Teodolinda Pezzolo, Bruna Gobatto, Rosalina Mayerá e Mimi Amaral Stahel.

Pelo lado masculino: Paiva Azevedo, Dante Gerodetti, Victor Mayerá Junior, Vasco Di Giulio, Oliver Tognato, Alcide Beck Beccaridi e Elias Aron Awada.

NOTA – Vários dos nomes eram ligados às indústrias da época.

Municípios brasileiros

- Hoje é o aniversário de Jambeiro e Orlândia, no Estado de São Paulo.

- Dentre as cidades brasileiras, aniversariam em 30 de março: Zangão e Vargem Bonita, em Santa Catarina.

TERÇA-FEIRA SANTA

A mensagem central deste dia passa pela Última Ceia. Estamos na hora crucial de Jesus. Cristo sente a “glorificação de Deus”, ainda que encontre, no caminho, a covardia e o desamor. 

No Evangelho, há uma antecipação da Quinta-feira Santa. Jesus anuncia a traição de Judas e as fraquezas de Pedro. Jesus insiste: agora é glorificado o Filho do homem e Deus é glorificado nele.

Fonte: Jovens Conectados (com o portal Canção Nova).

Comentários


Veja Também


Voltar