Nacional

Governo de São Paulo antecipa vacinação contra Covid em idosos de 69 a 71 anos




O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), anunciou nesta sexta-feira, 19, que o governo paulista suspenderá a chamada "Operação Descida", que inclui medidas para facilitar o fluxo das rodovias entre a capital São Paulo e a Baixada Santista, durante os fins de semana dos dias 19, 20 e 21, bem como 26, 27 e 28 de março. A medida atende a pedido dos prefeitos de Santos (e região e visa desestimular e o fluxo de turistas e conter a transmissão do novo coronavírus. Segundo Garcia a intenção é reafirmar que "quarentena não é férias". O governador João Doria (PSDB) não participou da coletiva de hoje.

Garcia anunciou, também, a antecipação da vacinação de idosos entre 72 a 74 para esta sexta-feira (19) e a vacinação de pessoas entre 69 a 71 anos de idade - reduzindo em um ano da idade mínima prevista para o grupo - a partir do dia 27 de março, dois dias antes do então previsto. Com a medida, a vacinação no Estado será ampliada para quase 1 milhão de pessoas, segundo o vice-governador.

Garcia afirmou que neste sábado (20) o governo paulista irá reavaliar os índices epidemiológicos resultados da primeira semana de fase emergencial no Estado a fim de decidir sobre novas medidas para conter o avanço da covid-19 no Estado. Segundo Garcia, a exemplo do pedido da capital paulista, o governo não descarta antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista, celebrado no dia 9 julho.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, entre sábado passado e hoje, o Estado registra média diária de novos casos 13% superior à da semana anterior. A média de novos óbitos é 29,7% maior e as novas internações são 14,1% superiores também.

Vacinas

Com a entrega de mais 2 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde realizada nesta sexta-feira, o governo paulista já entregou cerca de 24,6 milhões de doses do imunizante para o Programa Nacional de Imunização (PNI) desde 17 de janeiro. Segundo o governo, a expectativa é de que, até o fim do mês de abril, o número de vacinas entregues ao PNI somará 46 milhões.

Segundo o vacinômetro, no Estado, já foram aplicadas 4.425.796 doses da vacina contra o coronavírus no Estado, sendo 3.237.967 da primeira dose e 1.187.829 da segunda dose. De acordo com a Coordenadora de Controle de doenças da Secretaria do Estado de São Paulo, Regiane de Paula, o cronograma de vacinação no Estado de São Paulo prevê, até o dia 27 de março, a aplicação de 5 milhões e 168 mil pessoas sejam vacinadas.

Comentários


Veja Também



Voltar