Política

Com licença de Jorge Kina, Pinchiari assume mandato




A Câmara de Santo André, presidida por Pedrinho Botaro (PSDB), deu posse na sessão ordinária de ontem ao suplente Marcos Pinchiari (PSDB), parlamentar por duas legislaturas consecutivas. O tucano passa a exercer o mandato de forma provisória na vaga do vereador Jorge Kina (PSDB), licenciado e que está internado há duas semanas por Covid-19 – ele foi entubado e encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas, em São Paulo. O quadro de saúde de Kina, de acordo com a sua assessoria, permanece estável e agora reagindo aos medicamentos.

A mesa diretora convocou Pinchiari com base no regimento interno da casa, que trata sobre período de afastamento médico superior a 15 dias. A licença do correligionário se dá sem prejuízo dos vencimentos. Diante do cenário clínico, Kina não tem previsão de alta. O procedimento da presidência foi idêntico ao adotado no caso de Marilda Brandão (PSD), que morreu na sexta-feira. Vencido o prazo teto estabelecido no texto, na ocasião, a suplente Silvana Medeiros (PSD) ocupou a cadeira – aberta com a ida de Edson Sardano (PSD) para a secretaria municipal de Segurança.

Pinchiari registrou 2.725 votos no processo eleitoral do ano passado. Foi o 17º nome mais lembrado nas urnas da cidade, mas ficou fora por conta do quociente partidário. Oito eleitos diretamente tiveram menos adesões – o tucanato alcançou seis assentos no Legislativo. Ele frisou honra em voltar pela terceira vez à Câmara, mas lamentou as circunstâncias. “Me sinto triste de assumir o mandato de vereador frente à condição de internação de Covid do Kina, com quem sempre tive bom relacionamento. Espero que a passagem, neste momento, seja breve, sinal que vai se recuperar rapidamente e retornar às suas atividades”, ponderou.

Atrelado à área de saúde, o tucano ratificou que entra no período como base de apoio ao governo de Paulo Serra (PSDB). “Reconheço trabalho exaustivo do prefeito no combate à grave crise sanitária pela qual passamos e a condução da administração municipal diante do momento difícil”, apontou, ao acrescentar que irá retomar batalha pela ampliação do atendimento odontológico na rede e pela valorização dos profissionais de saúde. “Eles têm vivenciado guerra contra a Covid (neste um ano de intervalo).”  

Comentários


Veja Também



Voltar