Cena Política

Brás é alocado em gabinete de Maurici


Irmão do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho (PT), Brás Marinho foi alocado, recentemente, no gabinete do deputado estadual Mário Maurici de Lima Morais (PT), que, após longa peregrinação, recebeu da Justiça, em agosto, o direito de exercer o mandato. Brás ocupa o posto de auxiliar parlamentar na Assembleia Legislativa, cujo piso salarial é de R$ 6.836,59. Coordenador da sigla petista no Grande ABC, ele tende a ajudar na penetração eleitoral de Maurici na região. Com reduto em Franco da Rocha, onde já exerceu a função de chefe do Executivo, Maurici tem passagem por cargos importantes na Prefeitura de Santo André, principalmente na gestão de João Avamileno (2002 a 2008), mas, apesar da experiência, recebeu margem de votos aquém do esperado nas sete cidades em 2018 – obteve 3.156 sufrágios nos limites regionais, sendo 2.406 em solo andreense. Em 2022, deve reforçar dobrada com Marinho, presidente do PT no âmbito de São Paulo e nome praticamente certo na disputa por vaga na Câmara Federal. 

Live com mulheres 

 A Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) irá realizar neste mês de março uma série de lives abordando histórias de mulheres de destaque na região. A primeira transmissão vai ocorrer na quinta-feira, às 17h, e será concretizada pelos canais do Youtube e Facebook da entidade. Nessa data inicial, Selma Cobra, integrante do conselho superior da Acisa, receberá a empresária e ex-vice-prefeita Oswana Fameli (foto) e a advogada Andréa Tartuce, presidente da subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) local.

Nomeações

 O Diário mostrou no domingo que foram nomeadas na Câmara de Diadema, hoje sob a presidência do petista Josa Queiroz, figuras que foram algozes do petismo no passado. Os ex-prefeituráveis Gesiel Duarte (Republicanos) e Marcos Michels (PSB), primo do ex-prefeito Lauro Michels (PV). A casa esclareceu que a nomeação do republicano, lotado no gabinete da presidência, foi fruto de composição partidária feita no início do ano para eleger Josa como presidente. Já Marcos está lotado no gabinete de Jerry Bolsas (PSB), ou seja, sem relação com a presidência. Fato é que as alianças pró-Josa podem render frutos para 2022, quando o PT diademense buscará resgatar o histórico de lançar e eleger deputados estaduais da cidade. 

 Endurecendo regras

 Depois de as câmaras de Santo André, Diadema e Ribeirão Pires endurecerem as regras devido ao avanço da pandemia, desta vez foi o Legislativo de São Caetano que adotou, como medida temporária, desde ontem, o fechamento da casa para o atendimento de forma presencial. Os atendimentos seguem de forma remota, por meio de telefone e e-mail, por exemplo. Já havia revezamento de funcionários e redução de número de assessores por gabinete. As sessões ordinárias, extraordinárias e audiências públicas permanecem sem a presença de público externo, com entrada de apenas um assessor por vereador, sendo transmitidas ao vivo pela página oficial no Facebook. As solenes ficam suspensas por tempo indeterminado. 

  Projeto em São Bernardo

 O vereador Glauco Braido (PSD), de São Bernardo, protocolou projeto de lei instituindo um seguro anticorrupção para obras públicas na cidade. Pela ideia, a Prefeitura fica obrigada a contratar um seguro garantia para acompanhamento de contratos de obras ou compra de bens e serviços que superem R$ 1,5 milhão. “O seguro anticorrupção já foi aprovado em vários municípios e no Estado de São Paulo, por autoria do deputado Arthur do Val (Patriota). Farei o possível para que esse projeto tramite em São Bernardo”, disse Braido, integrante do MBL (Movimento Brasil Livre).

Comentários


Veja Também


Voltar