Setecidades

Ribeirão inicia vacina em idoso com 83 e 84 anos




A Prefeitura de Ribeirão Pires anunciou ontem que vai iniciar hoje a imunização de idosos com 83 e 84 anos contra a Covid. A proteção dessa faixa etária estava programada pelo governo do Estado para começar no dia 1º de março. Na região, Diadema também antecipou a campanha e está vacinando munícipes de 80 a 84 anos. Já São Caetano teve de interromper a imunização de moradores com 84 anos por falta de doses.

Os munícipes de Ribeirão Pires com 83 e 84 anos podem ir ao drive-thru montado no Complexo Ayrton Senna (Av.Valdírio Prisco, 193) ou nas quatro USFs (Unidades de Saúde da Família) nos bairros Ouro Fino, IV Divisão, Santa Luzia e Jardim Luso. É preciso levar comprovante de residência e documento com o número do CPF. A Prefeitura recomenda que os moradores façam o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br.

Já em São Caetano a procura pela imunização foi tanta que a Prefeitura precisou paralisar a vacinação para idosos com 84 anos. A imunização foi adiantada na cidade em virtude da sobra de doses de outras idades, de acordo com a administração são-caetanense. Com isso, o Paço vai vacinar apenas 420 pessoas com 84 anos. Esse grupo fez o agendamento e recebe a proteção hoje, no sistema drive-thru, em estrutura montada em frente ao Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840).

Os munícipes que serão contemplados realizaram o agendamento desde domingo. Segundo a Prefeitura, a divulgação da antecipação da campanha para a faixa etária foi realizada nas redes sociais, além do site oficial do Paço.

Os munícipes que tentaram realizar o agendamento ontem não tiveram sucesso e se depararam com mensagem dizendo que o serviço está suspenso enquanto a cidade aguarda a chegada de mais doses da vacina por parte dos governos estadual e federal.

Os munícipes de 84 anos que não conseguiram realizar o agendamento neste momento serão vacinados tão logo o município receba novas doses da Coronavac, o que, segundo o Instituto Butantan, deve acontecer na terça-feira.

São Caetano recebeu 20.376 doses e usou 15.950, a diferença será utilizada na aplicação da segunda dose em profissionais de linha de frente no combate à Covid-19 e pessoas das Ilpis (Instituições de Longa Permanência para Idosos) que foram os primeiros contemplados com a campanha, já que a cidade não conta com indígenas e quilombolas. De acordo com a Prefeitura, não há risco de faltar vacinas para aplicação da segunda dose.  

Comentários


Veja Também



Voltar