Setecidades

São Caetano é a cidade que mais aplica doses da vacina no Estado




São Caetano é a cidade mais avançada na vacinação contra a Covid-19 no Estado, segundo levantamento do Palácio dos Bandeirantes, que leva em consideração o número de doses aplicadas e a população dos municípios – foram avaliadas apenas cidades com mais de 100 mil habitantes. Até quinta-feira, data do levantamento, já haviam sido vacinados 8,2% dos 161.957 são-caetanense. A segunda cidade no ranking estadual é Catanduva (7,2%), seguida de Botucatu (7%), Barretos (6,3%), Santos (5,8%), São José do Rio Preto (5,7%), Jaú (5%), Araçatuba (5%), Araraquara (4,9%) e Marília (4,8%).

O governador João Doria explicou que o ranking será atualizado uma vez por semana. “É uma forma de incentivar a vacinação e o bom trabalho que, na sua expressiva maioria, prefeitas e prefeitos do Estado de São Paulo vêm realizando na vacinação”, afirmou Doria.

Até quarta-feira, São Caetano havia aplicado 13.336 doses em profissionais de saúde, idosos acima de 85 anos, pessoas acamadas, asilados em Ilpis (Instituições de Longa Permanência), coveiros e funcionários de funerárias e cemitérios.

“No início de janeiro já estávamos com o nosso plano estratégico de cobertura vacinal contra a Covid-19 todo organizado. Disponibilizamos uma plataforma para agendamento de horários, datas e locais, o que facilitou a organização e evita aglomeração de pessoas”, explica a secretária municipal de Saúde Regina Maura Zetone.

São Caetano também foi a primeira cidade do Grande ABC a iniciar a aplicação da segunda dose da vacina. “Finalizaremos esta semana a imunização das pessoas com 85 anos ou mais, e seguimos aplicando a segunda dose da Coronavac aos profissionais linha de frente dos hospitais públicos e privados. Aos poucos, vamos ampliando nosso atendimento com a intenção de vacinar toda população acima de 18 anos, assim que os laboratórios liberarem a compra de vacinas”, antecipa Regina.

CENÁRIO NA REGIÃO

Com números atualizados e enviados ontem pelas prefeituras, São Caetano segue liderando a vacina no Grande ABC de acordo com a proporção da população, com 8,8% dos moradores imunizados. São Bernardo aparece em segundo, com 3,9% – veja números na arte abaixo.

SEGUNDA DOSE

As cidades do Grande ABC e a Capital iniciaram a aplicação da segunda dose da Coronavac nos profissionais da saúde, que foram os primeiros imunizados na campanha. Ontem, a enfermeira Monica Calazans, primeira pessoa a ser vacinada com o imunizante chinês no Brasil, dia 17 de janeiro, recebeu o reforço. Ela, que atua no Pronto Atendimento São Mateus pela FUABC (Fundação do ABC) há três anos, disse que continuará se protegendo. “É uma emoção poder ser imunizada pela segunda vez, mas isso não me dá direito de sair sem máscara, sem álcool gel. Vou continuar como todos os brasileiros, usando máscara, ate que todos estejamos imunizados”, disse Monica.

PUNIÇÃO AOS FURA-FILA

O governador João Doria sancionou o projeto de lei 37 de 2021, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado, que prevê penalidades a quem descumprir a ordem de vacinação dos grupos prioritários, de acordo com a fase cronológica definida nos planos estadual e nacional de vacinação contra a Covid-19. O texto será publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo de hoje.

Entre as sanções previstas na lei está a aplicação de multa de 850 Ufesps (Unidades Fiscais do Estado de São Paulo), calculada em R$ 24.726,50, ao agente público responsável pela aplicação da vacina se desrespeitar a ordem cronológica prevista nos planos de imunização contra a Covid-19. A pena também recai para os superiores hierárquicos, caso comprovada a ordem ou consentimento. A multa será de 1.700 Ufesps, calculada em R$ 49.453, se houver o desrespeito ao cronograma de vacinação pela pessoa imunizada ou seu representante legal. A multa dobra e chega a R$ 98.906 se o imunizado for agente público. 

Comentários


Veja Também



Voltar