Internacional

Senado decide que impeachment de Trump é constitucional; julgamento prossegue


O Senado dos Estados Unidos votou nesta terça-feira, 9, pela constitucionalidade do segundo impeachment contra o ex-presidente Donald Trump. Foram 56 votos favoráveis ao prosseguimento do processo e 44 contrários. Seis parlamentares do Partido Republicano se juntaram aos democratas na defesa do julgamento.

A votação aconteceu depois de uma tarde de debates. Os democratas disseram que o processo tinha uma base legal sólida e que a Constituição não incluía uma "exceção de janeiro" que permitiria aos presidentes ficar impunes por ações impróprias nas semanas finais de seu mandato. Os advogados de Trump, por sua vez, alegaram que o Senado não poderia julgar Trump porque ele agora é um cidadão comum e que o impeachment teve motivação política.

O processo de impeachment foi aprovado no mês passado na Câmara dos Representantes. O ex-presidente é acusado de incitar a multidão que invadiu o Capitólio no dia 6 de janeiro, como parte de um último esforço para reverter sua derrota na eleição presidencial para Joe Biden.

Sessenta e sete votos serão necessários para condenar Trump no Senado, o que significa que pelo menos 17 republicanos precisariam se juntar a todos os 50 democratas. Fonte: Dow Jones Newswires

Comentários


Veja Também


Voltar