Contexto Paulista

Superávit no agronegócio paulista sobe 22% e equilibra balança comercial


De janeiro a setembro de 2020, o agronegócio paulista registrou superávit de US$ 9,61 bilhões, o que corresponde a um aumento de 22,1% em relação ao mesmo período de 2019, segundo o Instituto de Economia Agrícola (IEA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado. O valor é resultado do acréscimo de 11,3% nas exportações, que somaram US$ 12,65 bilhões, e da queda de 13,1% nas importações (US$ 3,04 bilhões). No período analisado, as exportações totais do Estado somaram US$ 30,34 bilhões, valor 17% inferior ao obtido em 2019. As importações também em queda (-15,8%) fecharam em US$ 37,83 bilhões, resultando em um déficit comercial de US$ 7,49 bilhões. O déficit do comércio exterior paulista seria muito mais elevado se não contasse com o desempenho do agronegócio estadual, segundo os pesquisadores do IEA. A participação das exportações do agronegócio paulista no total do Estado é de 41,7%, enquanto as importações respondem por 8%.

Os maiores
Os principais grupos nas exportações do agronegócio paulista nesse período foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 4,32 bilhões, sendo que desse total o açúcar representou 85% e o álcool, 15%), Complexo Soja (US$ 1,87 bilhão), Carnes (US$ 1,67 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 86,3%), Produtos Florestais (US$ 1,15 bilhão, com participações de 49,7% de papel e 38% de celulose) e Sucos (US$ 989,87 milhões, dos quais 96,8% referentes a sucos de laranja). Esses cinco agregados representaram 79% das vendas externas setoriais paulista.

Destaque
O Complexo Sucroalcooleiro é o que apresenta maior participação (34,1%) nas exportações paulistas. No total, o grupo cresceu 43,2% em valores e 55,6% em volumes exportados, devido ao bom desempenho das vendas externas do açúcar (57,5% em valores e 61,4% em volume).

Para onde vai
Os principais destinos das exportações do agronegócio paulista, em 2020, foram: China (US$ 3,14 bilhões, 24,8% de participação); União Europeia (US$ 1,94 bilhão, 15,4%) e Estados Unidos (US$ 1,14 bilhão, 9%).

A fatia paulista
As exportações do agronegócio de São Paulo nos nove primeiros meses de 2020 representaram 16,2% em relação ao agronegócio brasileiro, 0,5% superior ao registrado no mesmo período de 2019.

Investimentos regionais
? Em Mogi das Cruzes, o comércio tem uma expectativa de 2% de aumento no volume de vendas em relação ao ano passado. (O Diário).
? Nos últimos anos, Araçatuba recebeu R$ 3,38 bilhões de investimentos na iniciativa privada, em diversos setores, desde clínicas e restaurantes até construção de prédios comerciais e residenciais. (Folha da Região).
? A Suzano, do setor de celulose, confirma investimentos para 2020 entre R$ 4,2 bilhões e R$ 4,3 bilhões. E ainda a companhia poderá construir uma nova fábrica.
? A John Deere Brasil está iniciando a produção de motoniveladoras na fábrica de Indaiatuba, que demandou investimentos de US$ 40 milhões, com ampliação de 12 mil m² para acomodar a nova linha de montagem.
? A KitKat investiu R$ 125 milhões para ampliar e consolidar sua presença no mercado nacional de chocolates no ano de 2020. No segundo semestre, a marca inaugurou oito novos quiosques Chocolatory em shopping centers do Estado de São Paulo.
? A MSD Saúde Animal, do segmento de produtos veterinários, já investiu na fábrica de Cruzeiro R$ 21,3 milhões nos últimos quatro anos e destinará mais R$ 77,4 milhões até 2023.
? A AGCO formalizou o plano de trabalho que prevê, a partir de 2021, novos investimentos em Mogi das Cruzes, com a expectativa de geração de 200 empregos diretos e 750 vagas indiretas.
? A Aromasil, empresa de produtos de higiene e limpeza de Ouroeste, anunciou que se instalará em Fernandópolis. Com isso, deve dobrar a produção e o número de contratos.

Cidade piloto
Conhecida internacionalmente como a capital brasileira da tecnologia, São Carlos é uma das cidades escolhidas para utilizar a facilidade de pedir corridas da 99 pelo WhatsApp. A solução permite pedir um carro de maneira simples, com apenas alguns passos e sem a necessidade de baixar o aplicativo de corridas. (Primeira Página).

Conjuntura
? O Índice de Confiança do Consumidor do Estado de São Paulo (ICP-SP), da Associação Comercial de São Paulo, aponta que este é o momento em que o con­sumidor paulista está mais con­fiante em relação à economia desde o começo da pandemia provocada pela covid-19.
? A produção de veículos cresceu 7,4% em outubro ao atingir 236.468 unidades ante as 220.162 produzidas em setembro, segundo a Anfavea.
? Anunciado novo recorde histórico de abertura de empresas no Estado de São Paulo: segundo a Junta Comercial do Estado de São Paulo, o apurado no mês de outubro foi de 24.734 novos cadastros de pessoas jurídicas nos 645 municípios.
? As micro e pequenas empresas mostram recuperação de fôlego após o pior período da crise econômica, entre os meses de março e junho.
? O Dia das Crianças movimentou o comércio da capital paulista em outubro e as vendas subiram, em média, 21,8% na comparação com setembro, mostra balanço da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). 

Comentários


Veja Também


Voltar