D+

Aulas ajudaram vencedor do 14º desafio de redação


Foi com um texto que Lucas Mandu Pimentel, 17 anos, de Diadema, ganhou bolsa de estudos na USCS (Universidade Municipal de São Caetano), prêmio maior da 14ª edição do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário e pela USCS encerrado na semana passada. O estudante do Iemano (Instituto Educacional Manoel da Nóbrega) escreveu sobre o tema As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor.

Assim como o concurso literário, a redação é parte importante dos vestibulares e do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), garantindo parte da nota total. É por isso que a produção de texto é incentivada a partir do momento que a criança domina a escrita, por volta de 7 anos, quando “apresenta o pensamento organizado, sendo capaz de realizar relatos completos oralmente”, explica Kátia Mietti, coordenadora pedagógica do Colégio Iemano, onde Lucas estuda.

“As produções em forma de reescrita ajudam o aluno a perceber o esquema, o corpo do texto, com início, meio e fim, e coerência. Em paralelo, valorizando a curiosidade e a criatividade, as obras autorais ofertam ao aluno a possibilidade de conhecer os diversos gêneros e descobrir seu estilo de escrita.”

Kátia informa ainda que a qualidade da escrita, regras de organização textual, paragrafação, pontuação, contexto e sequência lógica são itens sempre observados na redação. Quanto a participação de Lucas no Desafio de Redação, a coordenadora é taxativa: “quando um aluno participa de um desafio deste porte ele vivencia os desafios naturais da vida e experimenta o mundo no qual está se inserindo”. 

Comentários


Veja Também


Voltar