Cultura & Lazer

Mãe de Gugu Liberato diz que pensou em não doar órgãos do filho por medo de deformação


A mãe do apresentador Gugu Liberato, Maria do Céu, afirmou em entrevista ao Jornal da Record que precisou ser convencida a autorizar a doação dos órgãos do filho, já que estava com receio de que o corpo do apresentador ficasse deformados.

Ela contou que relutou em autorizar o ato de generosidade, mas quando explicaram que não haveria alterações no corpo, ficou mais tranquila.

- Eu nem queria assinar, no começo, para tirarem as coisas do corpo dele porque ele iria ficar deformado, disse.

Hoje ela já encoraja que a doação de órgãos aconteça. Ela e toda a família do apresentador estão lançando a campanha #GuguVive, que busca incentivar e conscientizar com relação às doações de órgãos:

- Então, por isso que eu falo, as pessoas que quiserem doar, que elas não tenham medo que a pessoa vá ficar deformada, porque ela vai ficar igualzinha como ela era. O Gugu ficou igualzinho como ele era. Nem se notava que ele tinha tirado a córnea, que ele tinha tirado qualquer órgão, completou.

Maria do Céu ainda revelou que hoje em dia até gostaria de conhecer a pessoa que recebeu o coração do filho:

- Eu queria abraçar, queria, sei lá, queria sentir o coração dele batendo, escutar o coração dele pertinho. Já pensou, que coisa linda isso?

No sábado, dia 21, a morte de Gugu completará um ano e os familiares e a Record TV preparam uma série de homenagens ao artista.

Comentários


Veja Também


Voltar